1 de agosto de 2014

Menino que teve o braço dilacerado por um tigre é retrato da omissão dos adultos

sexta-feira, agosto 01, 2014 - Nenhum Comentário


Uma das notícias que mais chamaram a atenção nesta semana foi o fato de um menino de 11 anos ter o braço dilacerado por um tigre, no zoológico de Cascavel, no Rio Grande do Sul. Nas imagens, a criança pulou a grade do recinto dos felinos e brincou por alguns minutos com um leão e um tigre.

Pessoas filmaram a ação do menino e não fizeram nada. O pai estava cuidando do filho mais novo e também não fez nada para impedir que o menino continuasse ali em situação de perigo. Os guardas do zoológico, mesmo monitorando por câmera, só se dirigiram ao local depois da tragédia. 

Como assim ninguém faz nada e deixa a situação chegar neste ponto? Será que estamos mais omissos diante de uma tragédia anunciada? Porque ninguém apareceu ali e disse NÃO ao garoto? Abaixo, assista a reportagem sobre o assunto:

A verdade é que educar é aprender a dizer NÃO. Sem culpa. E isso serve tanto para pais, quanto para os responsáveis. É claro que toda criança – ainda mais as de hoje que não brincam na rua e tem pouquíssimo contato com os animais, ficam deslumbradas quando vão a um zoológico. Isso é natural. Mas é preciso por limites, principalmente quando um adulto percebe que uma criança está em situação de perigo e não faz nada: prefere filmar o ocorrido e postar na internet.

A questão não é a internet em si, mas sim a postura dos adultos. Não houve ninguém para falar um “não pode”, “isso é perigoso”, “você só pode chegar até aqui”, “menino, cadê o seu pai ou a sua mãe?”. Muitas pessoas têm medo de repreender o “filho dos outros”, porque infelizmente tem muitos pais que não gostam de ver o filho ser chamado a atenção por um estranho. 

Ao invés de condenar o ato da criança mostrando para ela que aquilo é errado, os adultos começam a brigar e a criança que ainda está com o seu caráter em formação fica com dificuldade de entender o que é certo e errado, e acaba ficando sem limite. Ela pensa: “se meu pai deixa eu fazer, quem é esse cara pra dizer que eu não posso?”. 

Em um futuro não tão distante, esta criança não vai ter nenhum critério de certo ou errado porque não irá respeitar a autoridade, seja de um pai, de um professor, por exemplo. Educação é algo muito complexo e que está nas pequenas coisas do nosso dia-dia, e não só na escola ou em sala de aula.

Outro detalhe que também é correlacionado a isso: todo mundo já presenciou uma criança sendo advertida, independente da idade, que começa a fazer birra. Tem pai que não se deixa levar pela chantagem emocional, mas tem outros que se derretem inteiros e fazem todas as vontades do filho. O que pode ser uma questão, aparentemente emergencial, pode trazer vários reflexos no futuro. 

Criança precisa de limite. E esse limite não significa bater ou agredir verbalmente. O limite está no NÃO. De forma firme mesmo e, assim que a criança for se acalmando, o adulto conversa com ela sobre o ocorrido. Ainda mais quando a criança já for grandinha....o NÃO só surtirá efeito com a postura firme e a conversa.

Muitos pais têm medo de parecerem firmes e falar NÃO. A culpa por trabalhar demais e dar pouca atenção, por exemplo, faz com que estejamos criando crianças e adolescentes sem limite numa escala assustadora. O resultado desse menino de 11 anos com o braço dilacerado é a prova disso: falou alguém para falar um NÃO e orientá-lo de que estar ali, tão perto de um animal selvagem, é perigoso.

Ao ver as reportagens sobre esta criança que perdeu o braço no zoológico penso que a situação poderia ser outra se um adulto fosse lá e dissesse não, sem violência ou agressão, só no diálogo mesmo, explicando para o menino o risco que ele estava correndo e o retirasse de lá de perto da grade. O desfecho seria outro menos trágico. Falar NÃO pode ser difícil para muitos pais ou responsáveis, mas pode ter certeza que ele é necessário. O NÃO também educa.








Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e baixe o aplicativo do blog.









Jornalista

31 de julho de 2014

#Obituário: Fausto Fanti, do grupo Hermes e Renato, é encontrado morto em São Paulo

quinta-feira, julho 31, 2014 - Nenhum Comentário
Foto: MTV Brasil / Reprodução.


Primeiro, um burburinho nas redes sociais. Pensei: deve ser pegadinha do Hermes e Renato, afinal os humoristas estavam planejando a sua volta à TV em grande estilo, agora como contratados da FOX. Todo mundo adora usar o recurso da pegadinha. Nas redes sociais, todo dia morre alguém famoso.

Depois a confirmação: não era uma notícia falsa, infelizmente. Fausto Fanti, do grupo Hermes e Renato, foi encontrado morto no apartamento em que ele morava em São Paulo com um cinto no pescoço. A polícia suspeita de suicídio, mas ainda não há nada confirmado pelas autoridades.

Aos poucos, os portais de notícias e os programas de TV começaram a dar destaque sobre a morte de Fausto. O humorista, um dos fundadores da trupe, faleceu aos 35 anos e deixou uma filha de oito anos.

Familiares e amigos mais próximos diziam que ele apresentava quadro depressivo e obsessivo, após o divórcio e resistia em procurar ajuda médica. Na TV aberta, o último trabalho do grupo foi um quadro no programa Legendários, de Marcos Mion, da Rede Record, sob o nome de Banana Mecânica.
Fotos: MTV Brasil / Reprodução.

Um ano antes do encerramento da MTV Brasil, sob gestão do Grupo Abril, o Hermes e Renato chegou a se apresentar no canal. Com o fim da emissora musical, a trupe comprou o direito de uso da marca e, neste ano, durante a Copa do Mundo, exibiu esquetes engraçadas no intervalo comercial dos canais da FOX. A estreia dos humoristas na TV Paga seria em março de 2015.

Para quem foi da geração de ouro da MTV Brasil – no final dos anos 1990 e início dos anos 2000, o Hermes e Renato era uma referência do humor escrachado e politicamente incorreto. Nada passava desapercebido pela trupe: de crítica a programas de sucesso na TV, dublagem de filmes, a vulgarização de determinados segmentos musicais e parodias de novelas. Tudo servia de material para o grupo. 

Personagens como o Palhaço Gozo e os quadros Jornal Jornal e Documento Trololó estarão sempre eternizados na memória de muita gente e, com toda certeza, já fazem parte da história do humor televisivo. A trupe era genial! E Fausto, ao que consta, era o responsável direto pela parte criativa. Muito triste ver um artista talentoso partindo tão cedo. Que descanse em PAZ!






Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e baixe o aplicativo do blog.









Jornalista


Facebook anuncia que o Messenger passa a ser obrigatório em dispositivos móveis

quinta-feira, julho 31, 2014 - Nenhum Comentário


Nesta semana, o Facebook enviou mensagem para todos os seus usuários informando que, a partir de agora, quem quiser conversar por mensagem privada na rede social por meio de dispositivos móveis (smartphone e tablet) terá que baixar gratuitamente o aplicativo Messenger.

Por ora, apenas usuários do iOS e Android passam a adotar o novo sistema. O aplicativo foi usado desta forma, inicialmente, apenas para usuários da Europa para ver como os internautas reagiam. E, segundo empresa, o retorno foi bastante positivo, uma vez que a velocidade do tráfego de dados foi aumentada em torno de 20%.

A imposição do Facebook Messenger como aplicativo de extensão do Facebook – assim como o de edição de Fan Pages, faz parte da estratégia da rede social de Mark Zuckeberg de se firmar uma concorrência direta com aplicativos de mensagens instantâneas WhatsApp, Viber e Snapchat.

E detalhe: o novo Messenger terá funções de compartilhamento de fotos e vídeos instantâneos, além de álbuns de stickers e chamadas de voz. Outra novidade que em breve será lançada uma ferramenta de monetização para aumentar a receita do aplicativo e, consequentemente, o interesse dos internautas.

Atualmente, o Messenger possui mais de 200 milhões de usuários que enviam 12 bilhões de mensagens por dia através do aplicativo. Aqui no Brasil, ele é o segundo aplicativo de mensagens mais utilizado nesta categoria: cerca de 49% dos internautas utilizam o Messenger como principal serviço de troca de mensagens entre amigos, segundo uma pesquisa do OnDevice. Em primeiro lugar está o WhatsApp, que também pertence ao Facebook, e possui mais de 70% de presença nos celulares brasileiros.




Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e baixe o aplicativo do blog.






Jornalista


30 de julho de 2014

Linkin Park se apresenta em BH na 2ª edição do Circuito Banco do Brasil

quarta-feira, julho 30, 2014 - Nenhum Comentário


Anota aí na sua agenda! Está marcado para o dia 18 de outubro a 2ª edição do Circuito Banco do Brasil em Belo Horizonte. Neste ano o evento acontece na Esplanada do Mineirão e terá como atração internacional as bandas Linkin Park e Panic! At The Disc. Já as atrações nacionais serão Titãs, Nação Zumbi e uma banda independente que será escolhido por meio do concurso Voz Pra Todos.

Na primeira edição do Circuito em 2013, mais de 150 mil pessoas compareceram ao evento que mistura música e esportes radicais. Para adquirir os ingressos, a organização dividiu a compra em dois momentos: o primeiro, a partir desta quinta-feira (31/07), no qual os clientes do Banco do Brasil terão acesso a pré-venda exclusiva dos ingressos que variam de R$ 150 a R$ 740.

Clientes com que possuem o Ourocard Universitário habilitado para crédito poderão adquirir ingressos a R$ 100. Já o segundo, quando acontece a venda geral de ingressos, terá a compra permitida a partir do dia 05 de agosto por meio da internet e em bilheterias oficiais. Os ingressos variam de R$ 250 a R$ 900.

Pela primeira vez em BH, o Linkin Park é conhecido pelo seu rock progressivo e a mistura de elementos eletrônicos e de hip hop. A banda já recebeu diversos prêmios Grammy, discos de platina e é formada pelo vocalista Chester Bennington, baterista e percussionista Rob Bourdon, guitarrista Brad Delson, baixista Dave 'Phoenix' Farrell, DJ e programador Joe Hahn e Mike Shinoda, também nos vocais, teclado e guitarra. Na página oficial da banda no Facebook, Rob postou uma mensagem em português anunciando a vinda ao Brasil:

Coletiva

Na manhã desta quarta-feira (30/07), os organizadores do Circuito Banco do Brasil 2014 promoveram uma coletiva em São Paulo com alguns integrantes das bandas nacionais que vão participar do evento. Entre eles, estavam o músico da Legião Urbana, Marcelo Bonfá, que irá se apresentar, ao lado do colega Dado Vila-lobos, com a banda Plebe Rude, na edição de Brasília-DF.

“É claro que vamos tocar algumas músicas do Legião com o pessoal da Plebe. É curioso falar em tributo ao Legião Urbana. Não faço tributo a mim mesmo...mas, quando sento na bateria, as músicas vêm naturalmente. É um tributo à boa musica, ao rock de Brasília", diz Bonfá.

Outra roqueira que participou da coletiva foi a baiana Pitty, que recentemente lançou o novo álbum Sete Vidas. "Pelo retorno do público, vejo que a nova música de trabalho está sendo bem aceita e isso é muito gostoso. No show vai rolar o álbum novo, mas é importante tocar as músicas que o público conhece, sabe cantar, e eu quero deixar o público feliz", comenta a cantora.



A realização do Circuito Banco do Brasil é da Planmusic, de Luiz Oscar Niemeyer. “Ter os grandes nomes da música reunidos no palco do Circuito Banco do Brasil mostra a força e o reconhecimento nacional e internacional do evento. A programação vai agradar a um público bem amplo e teremos artistas se apresentando pela primeira em algumas cidades, como o Linkin Park em Brasília e em Belo Horizonte. Além disso, teremos um encontro histórico da Plebe Rude com Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá”, conta.

Para diretor de Marketing e Comunicação do Banco do Brasil, Hayton Jurema da Rocha, a proposta do evento é proporcionar uma experiência única ao público do circuito. “Acreditamos que o fator ‘inesquecível’ criará uma lembrança positiva, uma associação forte entre o momento vivido e a marca BB. Sei que a expectativa em torno do evento é grande e por isso apostamos mais uma vez na oferta de uma programação de alta qualidade”, explica.

Na parte esportiva do evento, pela primeira vez a capital mineira será sede da Copa Brasil de Street Skate. A competição acontecerá em uma área de 700 metros quadrados, especialmente projetada para essa disputa. A Confederação Brasileira de Skate irá convidar 18 skatistas profissionais para participar da Copa, sendo eles os 12 melhores do Ranking Brasileiro CBSk de Street 2013, três skatistas de Minas Gerais e três convidados especiais. Entre os nomes já confirmados estão Kelvin Hoefler, Diego Oliveira, Rodil Jr. “Ferrugem”, Carlos de Andrade “Piolho” e Rodolfo Ramos “Gugu”. Juntos, esses cinco atletas somam nove títulos mundiais e 15 nacionais.
Fotos: Marcelo Paixão e Marcela Mattina / Reprodução.

Nas eliminatórias cada skatista terá direito a duas apresentações de até 45 segundos, valendo a melhor delas. Os seis melhores passam para a fase final que será disputada no mesmo formato. A competição distribuirá o total de R$ 45.000,00 em prêmios para os 12 primeiros colocados. A primeira colocação receberá R$ 11.000,00, a segunda o prêmio de R$ 8.500,00 e a terceira, R$ 6.500,00.

Conscientização

O Circuito Banco do Brasil se uniu à Cruz Vermelha para o lançamento da campanha nacional de conscientização e transplante de medula óssea. Ações serão realizadas em todas as cidades onde o evento irá acontecer. Além disso, também será feita a divulgação do Clube 25, projeto também da Cruz Vermelha com objetivo de estimular a doação de sangue entre jovens de 18 a 25 anos.

No ano passado, também houve uma ação de conscientização. Para a neutralização das emissões de carbono de todas as etapas da produção do evento, foram plantadas três mil mudas da Mata Atlântica. O Circuito conquistou o Selo Prima Mudanças Climáticas. Para 2014, além da neutralização de carbono serão organizadas campanhas de reciclagem em todas as etapas.







Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e baixe o aplicativo do blog.







Jornalista


Belo Horizonte é palco do Festival Internacional I Love Jazz 2014

quarta-feira, julho 30, 2014 - Nenhum Comentário


Trazer para o público mineiro o clima das primeiras décadas de surgimento do Jazz. Esta é a proposta da edição deste ano do Festival Internacional I Love Jazz, evento com entrada gratuito que acontece nos dias 08, 09 e 10 de agosto em Belo Horizonte, na Praça do Papa.

O festival quer mostrar que o Jazz tradicional é, em sua essência, popular. Para desmistificar o ritmo, considerado elitista e sofisticado, o festival promove apresentações gratuitas de jazz tradicional em locais públicos, estimula o intercâmbio entre artistas nacionais e internacionais e traz os jovens mais perto da verdadeira essência do jazz.

Uma das marcas deste ano é que o festival quer apresentar uma diversidade de nacionalidades entre os seus convidados de lugares como Estados Unidos, Argentina e Uruguai, dando espaço, sobretudo, para os clássicos. “O diferencial do festival é apresentar o jazz como se tocava naquela época, um ritmo popular, feito para dançar”, apresenta o curador Marcelo Costa.

Para chegar neste resultado, o trabalho de curadoria do festival é feito de forma ininterrupta durante todo o ano. A curadoria fica em constante contato com outros importantes festivais dedicados ao jazz de diferentes países, como o JazzAscona, na Suíça, e o French Quarter Festival, em New Orleans, berço do ritmo, nos Estados Unidos, para poder trazer novidades e convidados de outras nacionalidades.
Fotos: Portal Uai / Reprodução.

Neste ano, o I Love Jazz recebe dois gigantes do saxofone tenor, Scott Hamilton e Harry Allen, para uma apresentação inédita: os saxofonistas sobem juntos ao palco para um duelo musical. Os dois músicos estão entre os principais nomes do saxofone tenor em atividade nos Estados Unidos. Hamilton tem mais de 40 trabalhos lançados desde 1977, enquanto Allen é conhecido por suas parcerias com músicos como John Pizzarelli, Tony Bennett e James Taylor.

Entre os destaques da edição 2014 estão Maria Noel Taranto, cantora uruguaia, conhecida por sua forte presença de palco, com um estilo voltado para a musa do jazz Ella Fitzgerald; a brasileira Taryn, que também é diretora artística da Rio Jazz Orchestra, uma das mais importantes big bands em atividade no país.

Também vão tocar no festival a Swiss College Jazz Band, grupo formado em 1975 por suíços radicados no Brasil, que tem como lema para suas apresentações “O Jazz tocado com alegria”; Mark Lambert & Orquestra Radio Swing, liderado pelo músico norte-americano Mark Lambert, com um repertório dançante, focado nos anos 40; e os argentinos da Creole Jazz Band, um dos principais nomes do jazz latino-americano. Por mais de 22 anos o grupo tocou no tradicional Café Tortoni, um dos mais conhecidos pontos turísticos de Buenos Aires.


Programação


08 de agosto (sexta-feira)
19h – Maria Manoel Taranto
20h – Creole Jazz Band 

09 de agosto (sábado)
16h - Aula de dança (Lindy Hop)
17h – David Kerr e Canastra Trio
18h30 – Swiss College Dixie Band
20h – The Scott Hamilton Quartet with Harry Allen

10 de agosto (domingo)
16h - Aula de dança (Lindy Hop)
17h – Magnólia Brass Band
18h30 – Taryn
20h – Mark Lambert & Orquestra Radio Swing







Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e baixe o aplicativo do blog.









Jornalista


E-mail Newsletter

Cadastre seu e-mail e seja o primeiro a ficar sabendo o que rola no Café com Notícias

© 2007-2014 Café com Notícias .
Adaptado por Giselle Carvalho | Imagem Header Crédito Psyho .
back to top