#G3R4C4OBR4S1L estreia cheia de referências tecnológicas e brinca com a cultura pop

maio 05, 2014



Não, você não leu errado. A nova novela das sete da Rede Globo, Geração Brasil, que estreou nesta segunda-feira (05/05), adotou a grafia codificada do ambiente online: G3R4C4O BR4S1L. Só faltou a hashtag....mas isso fica para os internautas usarem nas redes sociais.

Ousada e, ao mesmo tempo, condizente com a história que é o fio condutor do folhetim, G3R4C4O BR4S1L fala de tecnologia e de todos os seus impactos na nossa cultura. Os autores Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, ao lado da diretora de núcleo de Denise Saraceni, criaram uma novela alto-astral. O horário estava carente disso.

G3R4C4O BR4S1L traz todos os elementos que já vimos nas novelas de sucesso da faixa das sete, mas abordando um tema que nem sempre teve espaço na teledramaturgia: a ascensão da tecnologia brasileira, das startups, aos programadores e desenvolvedores que estão fazendo a diferença com o empreendedorismo online.

Da abertura da novela que resgata os pixels de Vale Tudo, como bem lembrou o blogueiro Nilson Xavier, à música tema de G3R4C4O BR4S1L é interpretada por MC Guimé, um dos artistas de destaque da atual safra de MC’s do funk ostentação. A escolha não poderia ser mais perfeita e condiz com essa proposta de mostrar a diversidade brasileira tendo a tecnologia como pano de fundo: foi graças às redes sociais que o funk ostentação se tornou este fenômeno atual.
Foto: TV Globo / Divulgação.

Acredito que o maior trunfo de G3R4C4O BR4S1L são as referências tecnológicas que, em nenhum momento, tem medo de brincar com a cultura pop. É notório que Jonas Marra (Murilo Benício) foi inspirado em Steve Jobs, enquanto Pamela Parker (Cláudia Abreu) simboliza toda a extravagância das estrelas internacionais que vivem de holofotes. Mas, inacreditável mesmo é a transformação da atriz Isabelle Drummond. A moça está irreconhecível na pele da patricinha Megan Lily.

Outro trabalho que já chega arrancando aplausos é Luiz Miranda, que vive Dorothy Benson, mãe do personagem de Lázaro Ramos. Engraçada, mas sem ser caricata. A sensação é que estamos diante de uma dama, e não de um ator travestido de mulher numa novela de humor.


Destaque também para o casal romântico da história, Humberto Carrão e Chandelly Braz – namorados na vida real. A impressão que dá é que os autores de G3R4C4O BR4S1L escolheram a dedo os melhores atores de Cheias de Charme e resolveram trabalhar com eles de novo, contando uma nova história. Com isso, a chance de errar é menor.

Nem tanto. Pelo menos, em São Paulo, a audiência da estreia ficou muito abaixo do esperado. G3R4C4O BR4S1L marcou 22 pontos, segundo dados do Ibope. A pontuação é, até o momento, uma das piores estreias de novela das sete da década, ficando atrás do fracasso de Além do Horizonte que estrou com 24 pontos.

Mas isso pode e vai ser revertido devido a repercussão positiva nas redes sociais. G3R4C4O BR4S1L tem pegada e uma história cativante. O trabalho maior dos autores – e da própria Globo, é reconquistar o telespectador que fugiu desse horário devido o péssimo êxito da novela anterior. Vai ser um trabalho de formiguinha, ou melhor, de abelhinha igual da abertura da novela.

Empreendedorismo

Durante a novela, muitos internautas criticaram o fato do personagem Jonas Marra escolher o Brasil para ser a nova sede da sua empresa de tecnologia. De certo que ainda falta muito para que o ambiente brasileiro ofereça condições tão favoráveis quanto ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, mas o Brasil tem pólos de fomento ao empreendedorismo tecnológico muito interessantes, como em Belo Horizonte e Recife, por exemplo.

Na capital mineira temos o San Pedro Valley e a Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (Seed), enquanto Recife tem o Porto Digital. Fora inúmeros outros lugares do Brasil que estão apostando alto nesse novo nicho de mercado.
Foto: TV Globo / Divulgação.

Só de ter colocado Recife como cenário já vale a pena por mostrar que o fomento tecnológico do Brasil não está só em São Paulo ou no Rio de Janeiro. Outro ponto bacana foi a explicação de alguns conceitos para o público, como o de investidor anjo, que é tão importante para ajudar novos empreendedores a trilharem o caminho do sucesso.

E nisso, G3R4C4O BR4S1L já estreou com o pé direito: o Brasil é o país do futebol, mas também está caminhando para ser o do empreendedorismo online. E pode acreditar que tem muita gente batalhando para que isso se torne realidade.





Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e baixe o aplicativo do blog.






Jornalista

MAIS CAFÉ, POR FAVOR!

2 comentários

  1. Leve, divertida e promissora. Geração Brasil tem tudo para começar a virar a maré no IBOPE para a Globo.

    Vale citar além da tecnologia e do empreendorismo, a volta a temática EUA - recordista de visitantes brasileiros - e o tom otimista nesse primeiro capítulo, algo que ajuda a encontrar uma outra necessidade atual do público alvo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo! Amei a novela e acho que vai bombar.

      Excluir