Café vê TV – A Fazenda 6, Vai que Cola e elenco repetido em novelas

junho 03, 2013



Compartilhar informações sobre os bastidores da TV, além de opinar sobre lançamentos e atrações. Trata-se da proposta desta seção do blog @cafecnoticias, o Café vê TV. De forma semanal, você confere as principais notícias do mundo do entretenimento. Acompanhe:
Reality

Se nada mudar até então, a Rede Record pretende estrear #AFazenda6, no dia 19 de junho, uma quarta-feira, às 23h. A escolha da data se dá por dois motivos: trata-se do dia de melhor desempenho no horário nobre da emissora, além de entrar um dia antes da final do Got Talent Brasil, show de talentos apresentado por Rafael Cortez. O apresentador Brito Jr. continua no comando do reality show rural e Giane Albertoni foi escalada para ser a repórter desta temporada, seja interagindo com as pessoas nas ruas, seja realizando as primeiras chamadas da atração na TV.
As participantes de A Fazenda 6. Fotos: Divulgação.

Apesar do sigilo que ronda a escolha dos participantes, o blog apurou que a produção pretende trabalhar com 18 participantes para esta temporada e uma dinâmica diferente das edições passadas. É tanto que todos os participantes estão passando por um workshop para aprender a lidar com os animais e as atividades rurais, antes mesmo de entrar na Fazenda em Itu, no interior de São Paulo. Além disso, o Celeiro – um dos elementos usados para restringir o luxo dos peões, continua.
Os participantes de A Fazenda 6. Fotos: Divulgação.

Até o momento, os escolhidos para entrar na #AFazenda6 são: Andressa Urach, Aryane Steinkopf, Barbara Evans, Catarina Migliorini, Denise Leitão (furacão da CPI), Mara Maravilha, Vanessa Zoth, Yani de Simone (Mulher Filé), Scheila Carvalho, Beto Barbosa, David Cardoso Jr., Diego Possadas, Franklin David, Ivo Meirelles, Marcos Oliver, Matheus Mazzafera, Paulo Nunes e Yudi Tamashiro.

Humor

Estreia no dia 08 de julho, às 22h30, a série de humor Vai que Cola. Com a proposta de resgatar o sitcom de plateia, o programa que é uma das maiores apostas de comédia do Multishow (canal 42 na OiTV) que tem no elenco Catarina Abdala, Marcus Majella, Emiliano D’Avila, Paulo Gustavo, Fernando Caruso, Silvio Guindane,  Samantha Schmütz, Cacau Protásio e Fiorella Mattheis. Para participar das gravações e assistir o programa no auditório, clique aqui.

O sitcom se passa na pensão da Dona Jô (Catarina Abdala), localizada no Méier, um bairro do subúrbio carioca. É lá que o malandro Valdomiro (Paulo Gustavo) vai morar tentando fugir da Polícia Federal, após se meter em uma falcatrua. Enquanto tenta reescrever sua história por linhas tortas, o trambiqueiro tem que lidar com as provocações do zelador insolente Ferdinando (Marcus Majella) e com assédio da fogosa Terezinha (Cacau Protásio),

A pensão também terá ainda as esquisitices do misterioso Wilson (Fernando Caruso), a chegada de um gringa linda, alta e loira Velna (Fiorella Mattheis) e as confusões do triângulo amoroso composto por Jéssica (Samantha Schmutz), Máicol (Emiliano D’Avila) e Lacraia (Silvio Guindane). Em ritmo acelerado, a produção do Vai que Cola tem gravado três programas por semana e promete contar com participações especiais como Tonico Pereira, Duda Ribeiro, Flávio Canto e Diogo Nogueira – que interpreta a música de abertura do sitcom, “Reunião de Bacanas” (do refrão “Se Gritar Pega Ladrão”), um clássico da música popular brasileira.

Repetição

O amigo jornalista Lucas Fernandes Alvarenga – leitor do blog Café com Notícias, escreveu sugerindo uma pauta que merece ser discutida aqui na seção Café vê TV: o fato de muitos atores serem escalados para próximos trabalhos quando ainda estão no ar. Veja um trecho do comentário do Lucas:
“Tenho percebido como as dificuldades para escalar um elenco [nas novelas da Rede Globo] vêm se tornando cada vez mais frequentes. O Thiago Fragoso é um exemplo: está de volta à telinha em Amor à vida depois do Edgar de Lado a Lado, que ainda nem esfriou na memória do noveleiro, e da reprise do Marcos, de O Profeta. Indo um pouco mais atrás vemos que a repetição de elencos já prejudicou demais o Marcelo Serrado em Gabriela, onde ele interpretou o Tonico Bastos após um sensacional Crô, em Fina Estampa, o oposto do mulherengo personagem da adaptação do Walcyr. O Tonico dele ficou com trejeitos do Crodoaldo Valério. E seria difícil se não ficasse”.

Realmente, Lucas. A repetição de atores que ainda estão no ar – ou que mal saíram de uma novela, atrapalha e mostra desespero. Isso faz com que o público faça comparações e não consiga criar um laço afetivo. A pergunta que fica é porque não usar atores disponíveis no mercado? E, com toda certeza, é o que mais tem sobrando.
Da esquerda para a direita: Paola Oliveira, Thiago Fragoso, Daniele Winits e Marcelo Serrado. Exemplo de atores que emendaram um trabalho no outro ou aparecem no ar em duas novelas ao mesmo tempo. Foto: Divulgação.

Há poucas semanas atrás teve o caso da atriz Danielle Winits que teve a personagem assassinada na atual temporada de Malhação para poder entrar em Amor à Vida. Isso se deve muito há negociações dos agentes dos próprios atores feita nos bastidores. Apesar que o ator contratado possa ser escalado para os mais diversos trabalhos, existe sim uma reserva de atores que só fazem trabalhos de destaques, como a novela das nove, das onze ou minisséries.

Você já reparou que existem atores que só fazem trabalhos em outros horários ou só com determinados autores/diretores? Tudo isso faz parte de uma negociação. Há casos de atores que só aceitam fazer Malhação ou uma novela das seis, por exemplo, se puder ter um papel em outro horário de maior visibilidade. Ou ainda, casos de artistas que preferem contrato por obra ou só aceitam determinado trabalho pela visibilidade que ele pode dar, como eventos e destaque na mídia.

No Livro do Boni, o próprio Bonifácio Sobrinho, afirma que durante a sua gestão na Rede Globo procurou evitar ao máximo esta repetição, porque sabe que isso interfere diretamente no público. Porém hoje em dia, com a concorrência das outras emissoras, da internet – e da própria TV Paga que está fomentando a teledramaturgia, as emissoras de TV aberta tem que rebolar para segurar os artistas no seu casting. Um preço alto a se pagar.

Reprise

A partir do dia 1º de julho, às 15h30, o canal Viva (canal 36 na OiTV) vai reprisar a novela Anjo Mau, exibida originalmente exibida na faixa das seis da Rede Globo, em 1997. A trama que é um remake de Cassiano Gabus Mendes, de 1976, foi adaptada por Maria Adelaide Amaral, sob supervisão de Silvio de Abreu, com a parceria de Bosco Brasil, Vincent Villari e Djair Cardoso e contou com a direção de Denise Saraceni.

Bastante elogiada na época, o folhetim conta a história da ambiciosa Nice (Glória Pires) que resolve trabalhar como babá em uma família abastada da alta sociedade com o intuito de sair do subúrbio e casar com um homem rico. De forma dissimulada, ela consegue o que quer e descobre que nem sempre dinheiro traz felicidade. No elenco, nomes como Glória Pires, Alessandra Negrini, Kadu Moliterno, Leonardo Brício, Maria Padilha, Daniel Dantas, Lília Cabral, Jackson Antunes, Beatriz Segall, José Lewgoy, Ariclê Perez, Cláudio Corrêa e Castro, Regina Dourado, Taís Araújo, entre outros.

Renovação

Repórter experiente, o jornalista Rangel Faúla vem se destacando no comando da segunda edição do Jornal da Alterosa (JA), aos sábados. 

Mas, não é a primeira vez que a TV Alterosa/SBT coloca alguns dos seus repórteres no rodízio da apresentação. Tal prática ajuda a revelar novos talentos para o comando dos noticiários e é comum em várias emissoras. Diariamente, o JA 2ª edição, segue no comando da jornalista Ana Cristina Pimenta, às 18h40.

Emoção

O jogo entre Atlético-MG 1 x 1 Tijuana, pela Taça Libertadores, entrou sem dúvida para os anais do jornalismo esportivo não só pela defesa espetacular do goleiro Victor Leandro Bagy, mas sobretudo por uma das narrações mais emocionantes que o futebol mineiro já presenciou feita pelo locutor Osvaldo Reis (Pequetito), da Rádio GloboO locutor que é cruzeirense assumido, mostrou ao público a importância de se valorizar um bom futebol, independente da torcida ou dos bairrismos.

A emoção foi tanta que os torcedores pensaram que @pequetitoglobo ia ter um infarto, diante da adrenalina de ter visto o goleiro atleticano ter defendido um pênalti com o pé esquerdo, nos minutos finais da partida.  O reconhecimento foi tanto que a narração emocionante dele entrou na matéria exibida no Jornal Nacional. Para ouvir a narração de Pequetito, repercutida pelo blog Rádio Esportivo, clique aqui.

Nacional

E por falar em esporte, a Rede Globo optou por tirar do ar – até o final da Copa das Confederações, a edição regional do Globo Esporte em todos os Estados. Nesta segunda-feira (03/06), Tiago Leifert comanda a edição nacional do noticiário esportivo ao lado de Cristiane Dias e Alex Escobar, a partir das 12h50. O programa vai repercutir o empate do amistoso de 2 a 2 entre Brasil e Inglaterra, na (re) inauguração do Maracanã, no Rio de Janeiro, e a apresentação de Neymar Jr. no Barcelona.

O time catalão preparou um megaevento para apresentação de Neymar e pretende colocar 70 mil pessoas no Camp Nou, por volta das 13h, onde o atleta fará a sua primeira entrevista coletiva com a camisa do clube. A ideia é transformar em marketing cada minuto das quase 12 horas que o ex-atacante do Santos vai ficar em Barcelona fazendo exames médicos e assinando o contrato. Uma curiosidade é que o interesse da imprensa internacional é tão grande que o Barça foi obrigado a restringir o número de jornalistas que poderão estar na coletiva do jogador.

Pelo Twitter 
















Tem sugestão de pauta? Envie e-mail para wander.veroni@gmail.com





Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e participe da comunidade no Orkut.

                                                                    


Jornalista

MAIS CAFÉ, POR FAVOR!

7 comentários

  1. Thyago Guimarães3 de jun de 2013 10:19:00

    Muito boa a coluna desta semana sobre TV, Wander. Acho que é o primeiro lugar que vejo a lista de #AFazenda6. Se a Record não mudar nada, vc vai deu um furo aqui no seu blog.

    ResponderExcluir
  2. Só tem loiros nesse reality! #Racismo

    ResponderExcluir
  3. Muita gente dessa Fazenda eu nem sei que é...só a Mara Maravilha e aquele menino japinha que apresentava os desenho no SBT que podem bater no peito e falar que são famosos. O resto nunca ouvi falar.

    ResponderExcluir
  4. Daniela Fernandes3 de jun de 2013 19:09:00

    Sou fã do Paulo Gustavo e da Cacau Protássio...amo os dois de paixão. Só de ter os dois na série já vale assistir. Quanto A Fazenda, só vejo os barracos...rs...não sou muito de acompanhar não.

    ResponderExcluir
  5. Essa questão da repetição de atores em novela me incomoda. O Thiago Fragoso e a Paola Oliveira aparecem em O Profeta e também em Amor à Vida. Será que não tinha outras pessoas aptas para o papel? Muito estranho isso.

    ResponderExcluir
  6. Acho que essa questão da repetição dos atores e atrizes é vista pela emissora como uma garantia de audiência. Nada contra o talento desses mas isso se mostra uma estratégia de lucro de curto-médio prazo até porque a imagem do profissional vai ficando desgastada.
    Quanto a fazenda, fiquei muito curioso por ver pessoas como o Yudi e a Mara Maravilha confirmados. Não sei se vou acompanhar mas pelo menos irei dar uma olhada.
    E, mais um comentário agora sobre o Programa da Tarde, acho uma pena ter acontecido essa briga entre o Wildomar e o Brito Jr. Falo isso porque acompanhava o Hoje em Dia no começo da atração e sei que havia uma interação muito boa entre esses profissionais. É uma pena mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Wander, ótima coluna! Você deu profundidade ao tema "repetição de elenco", atualizou-o ainda mais e lançou luz sobre determinadas questões. E aproveito para reforçar a boa impressão sobre o Rangel Faúla na apresentação do JA. É um jornalista que ainda tem muito o que oferecer à Alterosa. Ele e tantos outros confirmam a fama de formadora de talentos da emissora, sensível às discussões e problemas da sociedade mineira.

    ResponderExcluir