Campanha de vacinação contra a poliomielite e sarampo 2011

junho 17, 2011

 
Atenção pais e responsáveis! A partir deste sábado (18/06), começa a campanha de vacinação contra a poliomielite e sarampo para crianças até 06 anos. Os postos de saúde de todo o país estarão abertos no Dia D de Mobilização. A meta é vacinar pelo menos 95% de um total de 14.148.182 de meninos e meninas dessa faixa etária. Um lembrete importante: adultos que forem viajar para fora do país devem procurar um centro de saúde com o cartão de vacinação para que seja feita uma avaliação da necessidade de tomar a vacina do sarampo. Para saber a programação da campanha de vacinação em Belo Horizonte, clique aqui.

Todas as crianças de zero até 05 anos devem tomar as duas gotinhas contra a paralisia infantil. Além das duas gotinhas, as crianças de 01 a 06 anos – mesmo que já tenham sido vacinadas anteriormente, também serão vacinadas contra o sarampo, somente em oito estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Bahia, Ceará e Alagoas.

Na segunda fase da campanha, no dia 13 de agosto, as crianças devem tomar a vacina novamente. “A participação de todos é fundamental para mantermos o país livre da paralisia infantil. O Brasil não registra casos da doença há 20 anos, mas é importante continuar vacinando as crianças porque o vírus circula em outros países”, diz o ministro Alexandre Padilha.

O objetivo é manter o Brasil sem transmissão disseminada do vírus causador do sarampo, uma vez que, neste momento, há surto da doença na Europa. A última campanha de vacinação foi em 2004 e a outra estava prevista para 2009, mas não aconteceu devido a pandemia de gripe H1N1, nem em 2010 por causa da vacinação contra a influenza pandêmica. Apesar do Brasil não registrar casos de sarampo desde 2000 e de poliomielite desde 1999, a meta da campanha é bastante otimista.
O secretário de Estado de Saúde, Antonio Jorge, durante a coletiva
de apresentação das estratégias de Minas para a campanha de vacinação.

“É uma ação preventiva frente ao número de casos na Europa, onde 33 países registraram mais de 6.500 casos. No mês de julho inicia-se o verão europeu, produzindo um intenso fluxo de turistas do continente europeu para o Brasil. A cobertura é uma meta ousada, mas não impossível. Por isso é importante mobilizar toda a população para que essa meta seja alcançada”, diz o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, Antonio Jorge de Souza Marques.

Já a coordenadora de imunização da SES-MG, Tânia Brant, lembra que o sarampo é uma doença infecciosa grave que, se não tratada, pode levar à morte. “O sarampo pode ser transmitido por meio de secreções, até mesmo por espirro ou tosse. Num primeiro momento, pode ser até ser confundido com uma gripe forte e, logo depois, aparecem manchas na mucosa da boca e as manchas vermelhas na pele. Desde 1999 não temos casos de sarampo em Minas e de póliomelite desde 1987. Nós precisamos continuar vacinando para deixar as crianças protegidas. Por isso é importante convocar a população para participar da campanha de segmento”.

Ao todo, o Ministério da Saúde investiu R$ 46,6 milhões na compra e distribuição das vacinas a serem usadas nas duas etapas da campanha nacional. Além disso, transferiu R$ 20,2 milhões às Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde para organizarem a campanha. Foram enviadas 21.665.465 doses para todos os estados e o Distrito Federal. Ainda, segundo a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, a campanha de vacinação contra a Poliomielite e Sarampo foi antecipada devido ao elevado número de casos importados de outros países, possibilitando a reintrodução do vírus do sarampo no Brasil.


Fonte/adaptação: Portal Minas Saúde e Ministério da Saúde.






Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, assine a newsletter e participe da página no Facebook e da comunidade no Orkut.







Jornalista

MAIS CAFÉ, POR FAVOR!

3 comentários

  1. Ana Maria Martinês18 de jun de 2011 08:16:00

    Wander do céu.....se não viesse aqui no seu blog hoje iria esquecer completamente de vacinar o meu menino....pensei que era só crianças acima de um ano....ainda bem que vi a tempo. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Bacana divulgar a campanha de vacinação aqui no seu blog.....é mais uma forma de alertar as pessoas a respeito da importância de se vacinar as crianças contra polio e sarampo.

    ResponderExcluir
  3. Wander,

    Apesar de não ter filhos menores, vou retransmitir a sua mensagem aos amigos.

    obrigado,

    João Bosco

    ResponderExcluir