7 de maio de 2009

Chuva castiga população do norte e nordeste do Brasil

quinta-feira, maio 07, 2009 - 40 Comentários


No senso comum, quando ouvimos falar do nordeste brasileiro logo lembramos de um clima quente, praia e a esperança de chuva para "fazer o sertão ficar verde", como diria o poeta. Mas, o que era esperança se transformou em tragédia.

Com as bruscas mudanças climáticas ocorridas nos últimos anos, muitos Estados daquela região - e também do Norte do Brasil, enfrentam problemas com as fortes chuvas, até então nunca vistas.

Ao todo, foram contabilizadas 23 mortes, sendo estas no Ceará (9), Maranhão (6), Alagoas (4) e Amazonas (4). Segundo a Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, 737.934 pessoas foram afetadas.

Com a chuva veio também o problema das enchentes em várias localidades, principalmente no Ceará, onde foram registradas duas mortes, ambas na cidade de Russas, no Vale do Rio Jaguaribe. Salvador também teve aumento no registro de óbitos, passando para seis.

Em um dia, o número de cidades atingidas subiu de 55 para 65, contabilizando um total de 134 pessoas feridas, de acordo com o balanço divulgado na quarta-feira (06/05) pela Coordenação Estadual da Defesa Civil. Os desalojados - que estão em casas de amigos ou parentes, somam 24.364. Já os desabrigados - que dependem de abrigos públicos, são 16.363.


Emergência


Ao lembrarmos da tragédia das chuvas de Santa Catarina parece que a situação do Norte e Nordeste é ainda mais grave, principalmente no interior. Só no Ceará, centenas de famílias estão completamente ilhadas na zona rural e sem acesso à água potável, devido a adutora que foi destruída pela enxurrada. Já no Piauí, o governo estadual pediu ajuda ao Exército para socorrer a população atingida pela chuva.

O nível do Rio Poty, que corta Teresina, já está 15 metros acima do normal. Na capital piauiense, o prefeito Sílvio Mendes (PSDB) decretou ponto facultativo aos funcionários e as aulas na rede municipal de ensino foram suspensas por causadas enchentes.

Mudando do Nordeste para o Norte, a situação também não está diferente. No Maranhão, por exemplo, seis estradas permanecem bloqueadas por causa da chuva. A demora na recuperação da BR-316 provoca uma longa espera na rodovia que liga a região ao restante do país.


Tempo


Em entrevista para o telejornal Bom Dia Brasil, da TV Globo, o climatologista Carlos Nobre, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) afirma que as chuvas abundantes na Amazônia e no Nordeste, e a seca persistente em partes na região sul do Brasil, Uruguai e Argentina, é um quadro esperado em um planeta que sofre com o aquecimento global. "

Tivemos uma seca muito intensa na Amazônia em 2005. Quatro anos depois, nós temos essas inundações que quebram recordes históricos de 107 anos no Rio Amazonas. Então, isso já tem toda característica de aquecimento global. O aumento da intensidade desses fenômenos tem a ver com o fato de que o planeta está mais quente e sofrendo um contante poluição e desequilíbrio ambiental", diz.

O alarde em torno de tragédias climáticas contribui - mesmo que de forma simplista, para que as pessoas se concientizem sobre os problemas ambientais que afetam diretamente os fênomenos meteorológicos. Em contrapartida, nunca o quadro de "Previsão do Tempo", dos noticiários, teve tanto espaço como nos últimos meses.

No final do ano passado, a chuva também castigou Minas Gerais e Santa Catarina, sendo o Estado da região sul o mais preocupante por mobilizar uma verdadeira reconstrução em prol de pessoas que perderam tudo. Assim como a mídia e várias entidades se organizaram para ajudar as pessoas naquela tragédia, esperamos que a população se una novamente para socorrer as vítimas do Norte e Nordeste brasileiro. Veja abaixo algumas fotos dos estragos das chuvas nessa região:




-> As fotos acima foram publicadas no Portal AZ. Clique aqui para ver mais imagens.



Veja também:





Quer saber mais detalhes? Siga-me no Twitter. Essa semana eu volto com mais Café com Notícias.





Jornalista

  • Compartilhar:

Sobre o autor

Wander Veroni é jornalista especializado em Mídia Sociais e um entusiasta do empreendedorismo na web. Para seguí-lo, basta acompanhar @wanderveroni e @cafecnoticias
Veja outras postagens →

Mais Café, por favor!

40 comentários:

  1. Sem comentários...
    Não consigo entender esse radicalismo de São Pedro: é 8 ou 80.
    Povo sofrido. Senão é seca é água em abundancia.
    Mais uma vez é hora de ajudar!!
    Abços

    ResponderExcluir
  2. As variações climáticas estão causando mais prejuízos para a população do que a crise econômica, pois são cidades inteiras em calamidade. Aqui no RS é a seca que acaba com as plantações e com o gado. Nesse ritmo logo a vida vai se tornar muito difícil em nosso planeta.

    ResponderExcluir
  3. Muita informação de que no Nordeste só há seca, é falsa.eu texto está aí para provar.
    Nada me assusta mais do que a força da natureza.

    ResponderExcluir
  4. Situação triste, Wander. Não é fácil. O pessoal quase sempre sofre pelos extremos: muita chuva ou seca total.

    Quantos alimentos, doados para Santa Catarina ano passado, foram para o lixo por incompetência das nossas autoridades. Não poderiam eles servir para outros que agora também não tem mais casa, comida, nada?

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Este é o Brasil em que vivemos e é o Brasil que já deviamos estar cansados de viver nele deste modo!

    Vistem: JaNjÃo ComicS

    ResponderExcluir
  6. Nossa, Wander... É tão triste ver essas coisas. E o que mais me preocupa é saber que essas tragédias da natureza só estão começando. O homem acabou com o planeta, degradou, desmatou, poluiu e a natureza agora grita, clama por socorro. Está tudo nessa desordem toda pela própria ação do homem, e muitos ainda não enxergaram isso, e continuam a degradar cada vez mais o meio ambiente, como se nada acontecesse.

    Devemos nos preparar para dias piores, infelizmente...

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Amigo Wander, um belo artigo, parabéns!
    Fico triste e comovido em ver meu nordeste nesta situação e também pelo norte de nosso querido e belo país.
    Só lamento em saber que nossas autoridades são despreparadas, digo não tem interessa no público, mesmo sendo eles beneficiados pelas verbas públicas.
    Pelo que lemos e vemos, nosso país está dotado de mestres e doutores, temos muitas informações, mas pouco interesse em resolver situações que poderíam não existir ou no mínimo minimizadas, segundo o Mestre meteorologista Giovanni Dolif (Inpe) já era previsto chuvas muito acima do normal para estas regiões afetadas, mas quais foram as ações das pessoas pagas pelo "nosso dinheiro" dinheiro de todos os contribuintes, cidadãos brasileiros? infelizmente, não foi feito nada, apenas esperamos acontecer as tragédias (em alguns casos, previstas) para vermos pessoas mortas e milhares sem casa, comida e o mínimo que a constituição reserva aos cidadãos desta querida nação.
    Ok, querido Lula e cia ltda. passear de helicóptero para ver o cenário (tragédia) de cima e ainda sendo custeado pelo dinheiro do contribuinte é tudo muito lindo e maravilhoso, programas sociais, cestas básicas e etcéteras, são bem-vindos mas infelizmente não garante moradia digna.
    Infelizmente o que vemos são municípios sem a devida infra-estrutura que só contribui para que as tragédias sejam multiplicadas.
    Precisamos investir mais em saneamento básico, melhores pavimentações e escoamento das águas das chuvas ou do uso comum e também em educação, é claro! pois só assim não veremos sofás, pneus e etcéteras dentro dos piscinões.

    Amigo Wander, tenha um ótimo restinho de semana com saúde, paz e sucesso!
    Abraço,
    Jose Moura
    http://www.blogomoura.com

    ResponderExcluir
  8. meu filho, aqui em Salvador está um caos. Aliás, aqui basta dar um sereno para a cidade afundar...
    e nossos parlamentares indo se esconder da chuva nas viagens aéreas às nossas custas... lamentável!
    Abraço e o café estava bem forte, do jeito que eu gosto, hehe!
    eu volto!

    ResponderExcluir
  9. Amigo, essa situação é triste. Me preocupa mais ainda por saber que as dificuldades para a reconstrução serão maiores ainda, por que já havia pouco por lá...

    ResponderExcluir
  10. O mais dramático é perceber a total inatividade das lideranças locais que sequer se deram conta de que devem iniciar uma campanha para arrecadação de ajuda para as vítimas.

    Até parece que acham que o pessoal tem mais é que passar fome e morrer a míngua por lá.

    ResponderExcluir
  11. Wander, está perfeito como sempre (no bom sentido, é claro). Eu acho que o Estado não é o único responsável por essas catástrofes não. A falta de Educação de muitas pessoas que tacam lixo na rua e acabam entupindo bueiros é gigantesca. O problema é cultural brasileiro, infelizmente. Mas tomara que as chuvas dêem uma trégua para a galera de lá. Aqui no Rio não tá chovando. Tá friozinho, mas nada demais. Sabe como é o Rio, mas quando chove, acontece a mesma coisa.


    Tem selo pra vc lá no melhor opiniao Wander!!!

    Valeu, meu amigo!

    ResponderExcluir
  12. É mesmo muito triste essa situação. Como um leitor disse, é 8 ou 80. Assim não dá para as pessoas viverem com dignidade!
    E isso não atinge apenas as famílias mais carentes. Pudemos ver isso na tragédia em Santa Catarina, alguns meses atrás.
    =[

    Mas muito boa a matéria, é bom estarmos sempre bem informados com seu blog, parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  13. É incrível essa loucura no tempo. Sou gaúcha, mas moro em Salvador e nunca vi tanta chuva na cidade. E olha que estou aqui há 30 anos!

    ResponderExcluir
  14. Você percebe como o mundo ta reagindo, com tudo que o tempo tem feito com ele!
    primeiro lá em santa catarina, agora no nordeste!
    isso deveria servir de exemplo para os "grandes" produtores de sojas, e outros pararam com o desmatamento.

    Otimo Trabalho xD~

    ResponderExcluir
  15. Enquanto o Nordeste sofre com as chuvas, a seca toma conta do Sul. A intensidade desses fenômenos naturais tem suas raízes no aquecimento global. Abraços e sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  16. Realmente,é uma tristeza...
    Porém,mesmo a situação sendo mais grave que a de Santa Catarina,não é citada (com tanta intensidade) nos telejornais e em propagandas?
    Porque?
    Talvez por não ter lindas e turisticas praias?
    Por não abrigar as loiras mais lindas do Brasil?
    Ou por não ser palco do Oktobefest?
    -----------------------
    Abraços e parabens pela matéria...
    E obrigado pelo comentario no meu blog...
    www.heymutley.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. As chuvas estão fazendo estragos em todo o Brasil, uma pena... =/
    Acho que é nesta hora que devemos tomar vegonha na cara e ajudar a quem precisa, concordam?
    Ótimo poste para a conscientização do povo!

    Abraços!

    -----

    http://covildeideias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Isso é, sem dúvida, consequência do que homem vêm fazendo no meio ambiente.

    ResponderExcluir
  19. Que massa(fotos do meu estado)
    sou de Teresina Piauí e sei como esta tudo isso, o bom é que aqui o pessoal que não foi atingido ta se mobilizando para ajudar os alagados.

    PS:obrigado por comentar no meu blog!!

    ResponderExcluir
  20. Eu compreendo totalmente essa realidade, até por que sou do nordeste. Tantos já morreram por conta de tanta chuva. Espero que a situação melhore logo.

    ResponderExcluir
  21. É no que dá qdo chove água.

    ResponderExcluir
  22. Como sempre uma bela reportagem, Wander.
    Que dó das pessoas.
    Beijinhos de Rozangela Melo
    Se quiser retribuir a visita, fique á vontade...
    Fazemos cinema amador
    Visite nosso blog
    www.cgfilmpictures.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Infelizmente o nosso nordeste está sendo castigado com águas e mais águas. Uma bela região, mas que sofre com a pobreza, a seca e essa cheia devastadora. E a culpa é do ser humano que faz questão de devastar o nosso ambiente! Vamos estender a mão, vamos ajudar as vítimas do nosso lindo nordeste!!!!
    Beijos, querido!!
    Sauudades de vir aqui

    ResponderExcluir
  24. a cara situação critica mesmo

    mas nos mesmos cavamos essa cova, alfaltando ruas e acabando com a capacidade da terra de absorver a agua das chuvas.

    =/

    quando der passar no meu blog
    www.paginass.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Moro no Nordeste e onde eu moro ao menos não acontece nada disso graças a Deus. Mas é uma situação muito difícil mesmo... o clima está ficando maluco mesmo. O aquecimento global ainda nos trará muitas surpresas e infelizmente não parecem ser boas.

    ResponderExcluir
  26. ninguem tá ligando muito pra essa tragédia como ligaram com a de santa catarina.será se foi porque em santa catarina era perto do natal ou porque as de agora são numa area pobre do brasiL?

    ResponderExcluir
  27. Olá!
    Realmente é terrível esse situação...falta total de uma política de ação social preventiva e ambiental. Ótima matéria!
    Abs;

    ResponderExcluir
  28. Torcendo pra melhorar as coisas pro lá

    ResponderExcluir
  29. Realmente, a situação aqui no Nordeste, não está boa, e essa semana começou a chegar chuvas aqui em PE (Belo Jardim), ocorreram vários estragos.

    Parabéns Wander pela matéria.

    abraços!

    ResponderExcluir
  30. Olá, Wander!

    É com muita tristeza e amargura que observamos essas fotos que retratam o sofrimento desse povo que já sofre constantemente os dramas da seca. Agora, com as chuvas que acabam com o muito pouco que essas pessoas possuem. Por que será que o povo mais rico do Sudeste ainda não se mobilizou para ajudar esse povo com foi feito com as vítimas de Santa Catarina?!

    Desejo que as chuvas parem logo e que as perdas, tanto de bens materiais como de vida, sejam minimizadas. Que Deus tenha piedade daquelas pessoas e abra a mente e o coração das pessoas que que tenham condições para que ajudem a minizar o sofrimento dessas pessoas.

    Abraços

    Francisco Castro

    ResponderExcluir
  31. "ninguem tá ligando muito pra essa tragédia como ligaram com a de santa catarina.será se foi porque em santa catarina era perto do natal ou porque as de agora são numa area pobre do brasiL?"

    Pois é. Não é "comparando tragédias", até porque não é o caso. Mas é interessante o posicionamento de alguns orgãos de imprensa em relação a Santa Catarina e em relação ao Nordeste.

    Para SC houve até uma grande divulgação e de forma até excessiva para doações, ajudas de todos os tipos e mobilizações da sociedade civil - inclusive de outros estados.

    No curto espaço de 24 h. em Salvador foram 50 ( 50!) casas que desabaram de uma só vez em um bairro popular; no Piauí a situação é terrível também. No interior destes estados como Piauí e Maranhão pode até ser novidade o grande volume de chuvas, mas em Salvador este é o período de chuvas. E tanto o poder público quanto a população "se esquecem" disso. Evidente que o volume de água que Salvador recebeu dificilmnete seria suportado por muitas outras cidades, mas mesmo assim há um descaso para estas questões.

    abs

    ResponderExcluir
  32. É de entristecer o coração, sabendo que o interior dos estados nordestinos sofrem com a seca, miséria, pobreza.... e vem enchente e situação piora. Se aqui em Santa Catarina a reconstrução ainda anda a passos de formigas e as pessoas vão receber suas novas casas, mas vão pagar por elas, o que dizer dessas pessoas no nordeste? Como iriam pagar se suas casas também não existirem mais?

    ResponderExcluir
  33. Aqui no meu estado algumas cidades foram muito danificadas pelas chuvas, as pessoas perderam muitas coisas. Mas a assistencia do governo estadual, pelo menos, esta sendo bem efetiva, felizmente.

    VLW pelo comentario Wander!

    ResponderExcluir
  34. Meu marido está no Piaui a trabalho para a Defesa Civil, e me disse que a situação é triste mesmo, principalmente no interior. Como gosto muito da paraábola do beija-flor e o incêndio na floresta, ontem mesmo enviei e-mails a minha rede de amigos contado o que meu marido relatou e pedindo que ajudem e que já tinha feito a minha doação aqui em Florianópolis (Abri meu armário e o coração). Mesmo que muitas vezes fiquemos em dúvida se nossas doações chegaram as mãos certas. Mas como diz a historia do beija flor eu sei que estou fazendo a minha parte. Afinal contra as forças da natureza não tem como lutar seja rico ou seja pobre. Haja visto os incêndios nos Estados Unidos, enchentes na Itália e muitos outras situações. E a gente fica com aquela sensação de nunca estar numa situação dessa, mas quem sabe não é?

    ResponderExcluir
  35. A natureza mostra sua força resultante do descaso do homem. É seca no sul e chuva no nordeste. Depois o contrário. E assim vamos percebendo que na lei da vida aqui se faz e aqui se recebe em troca.

    Como estudioso do comportamento humano vejo que as pessoas precisam de símbolos, fetiches, datas marcantes etc. É uma forma de lidar com consigo e com o mundo. Não sou defensor de datas como Dia das Mães, dos Pais, da Criança etc. Porém, além da questão comercial vejo que é uma idéia de sociedade. Em outras culturas nada disso existe e eles vivem felizes como nós.

    Rogerio Martins. . . . .
    http://palestranterogeriomartins.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  36. Eu fico muito triste ao ler e assistir esse tipo de notícia. É uma pena, mas também não podemos fingir que realidades assim não existem. Estamos vendo tudo!

    Creio que o mais importante agora é ajudar as famílias que passaram por esse drama. Vamos ficar de olho nas campanhas de ajuda... será que tem alguma? Ainda não vi...

    Bjos!

    ResponderExcluir
  37. Eu estava na China quando aconteceu essa tempestade e foi notíciado em vários canais de televisão e jornais chineses.
    As perdas materiais são grandes mas com certeza o psicologico fica muito mais afetado.

    ResponderExcluir
  38. Compadre, é um bálsamo passar aqui nessa correria que estou estas últimas semanas e poder ler com calma as notícias de maneira tao completa e embasada. Eu vi nas manchetes da Folha sobre as chuvas mas nao tinha a menor ideia de que a coisa estava assim tao grave, até em Salvador,né? Que loucura! Vamos torcer para que arrefeça logo e pare de flagelar nossos irmaos assim.

    Um beijo muuuuuito carinhoso e com saudade de vc, viu?

    Ah, me manda aquele link dos anúncios que comentei com vc? (o que vc pos aqui no blog mesmo, nao achei... ) Bejim!

    ResponderExcluir
  39. Moramos aqui em Maceió, essa chuva toda está triste, causando muitos deslizamentos e acidentes... :/

    espero que passe logo!!

    abraços!

    ResponderExcluir
  40. devem tomar cuidado no planejamento de moradia

    ResponderExcluir

E-mail Newsletter

Cadastre seu e-mail e seja o primeiro a ficar sabendo o que rola no Café com Notícias

© 2007-2014 Café com Notícias.
Adaptado por Giselle Carvalho | Imagem Header Crédito Psyho.
back to top