Café Olímpico - Pequim 2008: A cobertura do maior evento esportivo chega ao fim

agosto 27, 2008

Durante 17 dias dias os olhares se voltaram para Pequim, a capital da China. Grandiosa tradição cultural, filosófica e religiosa.

De população afetuosa e governo rispído. Da beleza dos prédios históricos à submissão de um povo oprimido pela ditadura da informação.

Todo mundo está cansado desse bordão mas ele não deixa de ser a mais pura verdade: a
Olimpíada de Pequim 2008 foi o maior evento esportivo do ano. Vários veículos de comunicação enviaram equipes e dedicaram boa parte da sua cobertura aos Jogos.

E os blogs, que são um fenômeno de mídia eletrônica alternativa, não ficaram para atrás. Cada um, ao seu modo e a sua maneira, cobriu como pôde, se esforçou e deu o melhor de si para deixar os internautas informados.

Aqui no
Café com Notícias a cobertura valorizou os bastidores e curiosidades do evento, não esquecendo de incitar o debate para assuntos ligados ao jornalismo e a comunicação. Também destacou-se os medalhistas brasileiros com um painel ilustrado e repercutimos informações para que o leitor possa visualizar cada detalhe dessa cobertura.

Infelizmente, não fui à Pequim. Mas mesmo assim a cobertura foi exaustiva como se estivesse lá. Foi a minha primeira Olimpíada como jornalista formado. Uma experiência que vou levar para o resto da vida.

Agradeço aos jornalistas, que de uma maneira muito carinhosa, ajudaram o Café, com informações de lá da capital chinesa, direto do Centro Internacional de Imprensa, via e-mail e via blogs. Também agradeço aos leitores do Café que também compraram a idéia da cobertura e participaram, seja por comentários, críticas, e-mails e sugestões de pauta.

A nossa enquete revelou um dado curioso: 44% dos internautas preferiram a cobertura da TV Band; 38% optaram pela cobertura via internet; 27% gostaram da cobertura da TV Globo; 11% os jornais impressos e não houve votação para o rádio - o que mostra que as pessoas ainda tem resistência a acompanhar esse tipo de mídia, mesmo ele sendo presente em 98% das casas brasilieras, segundo o Ibope.

Os posts exigiram criatividade e uma vontade de dar um tom de revista eletrônica a cobertura. Aprendi muito, principalmente no lado da apuração. Sites oficiais também podem errar assim como nós, meros mortais que estamos do outro lado da mesa.

Além disso, discutimos uma dúvida do nosso idioma que foi prontamente solucionada pelo professor-doutor Marcelo Leite, do blog Sacó de Filó, sobre o uso correto do termo Olimpíada no plural ou no singular para falar da edição atual - questão levantada pelo leitor do Café e jornalista Carlos Alberto, do blog Caxambau. Por se tratar de um palavra oriunda do grego, tanto o singular quanto o plural podem ser usados normalmente.

Ufa! O Café pensou que tinha chutado o balde, mas o debate foi proveitoso e creio que ajudou muita gente a pensar sobre a nossa língua. Por uma questão editorial e para padronizar a cobertura, o Café com Notícias adotou Olimpíada para falar da edição atual e o plural para falar das edições anteriores.

A série de posts relativa a Olimpíada recebeu o nome de Café Olímpico e adicionamos Pequim 2008 pois esta edição realizou-se na capital chinesa. A próxima, em 2012, será em Londres, na terra da rainha, quem sabe o Café postará direto de lá, hein? Não custa sonhar.


Cobertura


Por ser um blog que têm como prioridade de cobertura os assuntos que envolvem comunicação e jornalismo, o Café com Notícias dedicou muitas horas assitindo o trabalho dos colegas. Assistir nos dois sentidos da palavra. A idéia aqui não é colocar o dedo na ferida, nem rasgar seda para ninguém. Os jornalistas são muio críticos com o trabalhos dos colegas.

Ouvir um elogio de vez em quando é bom para a alto-estima e valoriza o nosso ego. Os Jogos acabaram e ninguém falou deles, só dos atletas, técnicos, especialistas e dirigentes. E os jornalistas? Nós que trabalhamos duro...hehehehe...calma, não vou defender a categoria, nem nada. Brincadeira. Vamos destacar quem brilhou na visão do Café e de muitos leitores que enviaram a sua impressão via comentário e/ou e-mail. Foi tudo de uma maneira muito voluntária, sem deboche, ou confete. Vamos lá!


TV Aberta


- TV Band: Não é à toa que nos anos 1990 a Band tinha o slogam do canal do esporte. Mesmo a emissora atualmente tenha adotado o tom de variedades na sua programação, com novela, filmes, entretenimento e telejornais, a Band pode falar com boca cheia que consegue fazer uma boa cobertura esportiva e "ao vivo", o que é mais difícil. Calma, não estou doido: as coberturas esportivas são ao vivo. Sei disso. Mas tem emissora que ilude os telespectadores e coloca imagens com atrasos gigantescos e se diz "ao vivo". A Band consegue essa transparência e valoriza o esporte, com comentaristas e jornalistas que realmente pesquisam antes de colocar a boca no microfone. São esses pequenos detalhes que a creditam como a melhor emissora de TV Aberta na cobertura dos Jogos Olimpícos de 2008.

- Jornal Nacional: O jornal mais assistido do país e da TV Globo, trouxe as melhores matérias em relação aos Jogos Olimpícos de 2008. O primeiro bloco do jornal era dedicado totalmente ao esporte, trouxe entrevistas ao vivo e gravadas e caprichou na reportagem. Nesse quesito, a Globo leva o seu "Q" de qualidade a sério e dá um banho no texto das matérias e na edição de imagens. O telejornal até que exagerou na dose nos primeiros dias e esqueceu que o Brasil não parou, que havia outras coisas para ser noticiado. Mas a equipe voltou atrás e conseguiu equilibrar a Olimpíada com as notícias do Brasil e do mundo.

- SBT Brasil: O SBT não tinha os direitos de transmissão dos Jogos, mas conseguiu fazer um Jornal Olimpíco dentro do seu principal telejornal de forma brilhante: cheio de curiosidades e bastidores sobre os jogos. Me surpreendi com a melhora o conteúdo jornalístico da emissora. Medalha de honra ao mérito!


TV Paga


- ESPN: O Café não viu, mas os leitores em peso mandaram e-mail ou via comentários no blog eleogiando o trabalho da ESPN na cobertura de Pequim 2008. Fui apurar para ver se o elogio procedia e os jornalistas esportivos especializados confirmaram. Então o Café reconhece e dá uma salva de palmas. Se você tem TV Paga em casa e ainda não assistiu a ESPN, vá lá e confira e veja se o público realmente esteve certo.

Locutores


- Luciano do Valle: O Café começou a cobertura olimpíca meio de birra do Luciano devido ao estresse dele envolvendo o dedo na ferida dos comentaristas esportivos versus jornalistas - o que já foi amplamente discutido aqui em posts anteriores e se você deseja rever essa discussão novamente, clique aqui. Pois bem, dei o braço a torcer. O Luciano não só entende de esporte como consegue empolgar o telespectador a torcer pelo Brasil. Numa época tão pessimista que vivemos, um olhar otimista, mesmo que seja apenas na visão esportiva de uma competição, cativa.

- Mário Henrique, o Caixa: Para quem não conhece, ele é locutor da rádio itatiaia, a rádio de maior audiência deMinas Gerais e, por coincidência, uma das mais antigas no ar. Mário Henrique é jornalista e também um dos locutores mais jovem da rádio. Ele é outro que emploga e que consegue fazer o ouvinte visualizar o esporte. A TV Aberta que ainda não descobriu esse cara - ele tem tudo para arrasar! O Caixa entende do assunto e é bom de serviço, enfim é fera!


Comentaristas

- Álvaro José: O cara é fera e não tem como discutir. Narra muito bem, entende do evento e de um tanto de esporte que poucos jornalistas conhecem. Qual o segredo? Ele apura. Apura bem e gosta de pesquisar. Esta aí um incentivo para nós jornalistas que, na correria do dia-dia, esquecemos da premissa mais simples de tudo: para ser entendedor tem que ter dedicação (e apuração).

- Lélio Gustavo: Aqui em Minas ele é conhecido por ter a língua mais afiada do futebol mineiro, mas lá em Pequim Lélio conseguiu equilibrar opinião e informação. Coisa rara!


Rádios


- Rádio Itatiaia: "Qual o segredo de uma rádio mineira mandar tanta gente assim para cobrir a Olimpíada?". É o que perguntou Pedro Bial ao locutor esportivo Mário Henrique, em conversar informal nos corredores do Centro Internacional de Imprensa. A Rádio Itatiaia investiu pesado. Mandou a maior equipe do rádio mineiro, dedicou várias horas à cobertura e fez a diferença. Criou vinhetas criativas e, com o Jornal Olímpico, dentro dos noticiários, deixou a rádio de Minas como referência no radiojornalismo.

- CBN: Cobertura isenta, objetiva e muito qualificada. A rádio, que tem o now-hall do Sistema Globo, não tinha como fazer feio, nem se quisesse. Os boletins ficaram excelentes e muito bem editados.Além disso, dedicou podcasts sobre os jogos no site da rádio - coisa que a Itatiaia ainda não acordou para a cobertura online.


Repórter


- Emerson Romano: repórter da Rádio Itatiaia que conseguia ter uma sintonia tão perfeita com o locutor Mário Henrique que dava ritmo e agilidade na transmissão. Ele sempre entrava com dados relevantes durante a partida e dados curiosos. Grande repórter!

- Álvaro Damião: repórter da rádio Itatiaia, locutor quando precisa, comentarista de mão cheia, enfim é um jornalista polivalente que foi apelidado pelo público mineiro como "O Cara". Mesmo como repórter, Álvaro foi o locutor dourado da Itaiaia: narrou o ouro do Cielo e da Maurren. Soube dividir a tarefa de locução com Mário Henrique de forma muito bacana e informativa. Além disso, Álvaro trabalha na TV Record Minas e de lá de Pequim preparou uma série de reportagens tanto para o jornalismo da emissora, qaunto para o programa dele, "Rolê com o Cara", que passa todos os domingos, às 11h. Quem é daqui vale a pena conferir o programa do Cara!

- Tadeu Schimidt: repórter e âncora esportivo da TV Globo. Textos maravilhosos e reportagem bem feita, em especial aquela sobre a era da super câmeras em Pequim - no qual a emoção ganha brilho por meio da super câmera lenta e nos movimentos dos atletas. Tadeu mostra que o jornalismo esportivo pode ir além dos clichês.

- Pedro Bassan: repórter da TV Globo que me surpreendeu pelas matérias e pelo carisma no vídeo.

- Pedro Bial: repórter da TV Globo e apresentador. O Bial consegue fazer poesia com a reportagem. Falta isso no hardnews. O público quer pensar, quer refletir sobre o fato e ele trouxe isso de uma maneira bem particular. Sou fã do Bial!



Sites

- Google: A Olimpíada mas conectada da história! Até o Google entrou na onda dos Jogos e, junto com o COB, criou a Time Brasil: uma série de ações promocionais via web que usaram como plataforma viral um novo visual para o Orkut e a criação de um canal no YouTube. Adorei a idéia! Finalmente a comunicação entendeu que a internet é um espaço útil e que pode gerar um retorno positivo por parte do público.

- TV Online - Terra TV: Eu vi e recomendo. Quem perdeu os principais lances ao vivo ou não pôde ver uma disputa ao vivo, o Terra trouxe vários canais de transmissão dos Jogos via internet. Além de montar um "senhor" portal sobre as Olimpíadas - usou e abusou dos recursos de áudio, vídeo, texto, imagem e blogs. Medalha de Ouro no quesito convergência midiática!

- Fotografia - O Globo: o site do jornal carioca O Globo também fez uma cobertura muito interessante, mas o destaque desse site fica para galeria de fotos. A melhor de todas: além de ter fotógrafos do jornal, o site contou com fotos da agência Reuters e France Press. Não é à toa que existe o ditado: uma imagem vale mais que mil palavras. A galeria de imagens ficou sensacional! O Café usou boa parte das fotos de lá para compor os painéis e só para deixar registrado: todas as fotos tiveram seus devidos créditos onde foi mencionado apenas o nome do veículo.

- Conteúdo informativo - Folha de S. Paulo: O forte da Folha é a informação de conteúdo. Cientes disso, a equipe investiu em texto e em apuração. Trouxe chamadas na página principal e também dedicou boa parte da sua cobertura aos Jogos. Excelente trabalho!



Blogs


- Babel Ponto Com: Dos blogs jornalísticos, minha amiga Letícia fez uma coisa inédita: criou um quadro de medalhas humano da Olimpíada, além de humanizar as notícias e foi além da informação. Fez o leitor refletir sobre o quanto os nossos atletas lutaram pelas nossas 15 medalhas. Tá certo: não foi a nossa melhor campanha nos Jogos, mas tivemos a maior delegação. Quebramos tabus interessantes: as mulheres foram o nosso grande destaque. Esse blog fez (e faz) a diferença.

- Sem Fronteiras na Web: três alunos de jornalismo que escrevem como jornalistas formados. Fizerem uma cobertura digana dos grandes portais. Os meninos têm talento para a profissão e isso, nos dias de hoje, me entusiasma. É um blog que merece ser lido e visitado!

- Blog da Redação O Globo: Esse blog tinha um viés diferente. Os jornalistas contavam a sua visão a respeito dos bastidores nos Jogos e faziam o relato do seu dia-dia lá.

- Blog Álvaro José: Blog que contém a visão do melhor comentarista olímpico de todos os tempos. Informação e opinião de qualidade em todos os sentidos.



O Café com Notícias se despede dos Jogos, encerra oficialmente a cobertura de Pequim 2008 e agradece a todos leitores, amigos e parceiros. Que venha Vancouver 2010, Guadalajara 2011 e Londres 2012! Muito Obrigado.







Quer saber mais detalhes? Siga-me no Twitter. Essa semana eu volto com mais Café com Notícias.







Jornalista

MAIS CAFÉ, POR FAVOR!

15 comentários

  1. Eu particularmente adooro olipiadas, acho mto show!! Mas infelizmente não pude acompanhar de perto, e se não fosse o café e os portais informativos, eu ia ficar meio boiando... esse negócio de fuso horário não deu mto certo. Sempre que passava os jogos eu estava trabalhando ou dormindo... alguns eu assisti...
    Parabens pelo belo trabalho!!!
    BEijooooooos

    ResponderExcluir
  2. A cobertura tava show!
    obrigado pela visita ala no blog
    levei uns 2 dias para escrever aquela pauta nunca ficava como eu queria mas saio neh!rsrs
    até mais...

    ResponderExcluir
  3. e recusei a acompanhar essas Olímpiadas!Achei tudo uma farsa.
    meu protesto pequeno e silencioso para as vitimas do desastre que foram deixadas de lado pra o governo chines fazer bonito pra o Ocidente.

    ResponderExcluir
  4. A olimpíada foi interessante como fonte de 'conhecimento' sobre aquela potencia do mundo, que ainda preserva atitudes pré-cambrianas... Ah, que mera evolução essa, desenvolvimento [não] mental, e tal.

    No Brasil, a cobertura do evento foi grandiosa, eu particularmente, só assisti um ou outro jogo de vôlei, o resto, não tive 'tempo' [nem vontade], Acredito que a internet é cada vez mais uma fonte valiosa de informações, existem bons sites, blogs, etc. Mas, há também uma parcela de ideologicamente estressados que falam muita merda, e ainda querer ser os donos da verdade! :@

    Enfim, gostei da cobertura da olimpíada, e aguardando a próxima...

    abrass

    http://visaocontraria.blogspot.com/

    Passa lá! xD^~

    ResponderExcluir
  5. Oi, Wander,

    Legal sua análise. Confesso odiar Olimpíadas e não ter assistido um décimo dessas coberturas, mas tenho a impressão de que o desempenho dos jornalistas brasileiros foi melhor que o desempenho dos nossos atletas.

    Abs

    ResponderExcluir
  6. Maria Lúcia Almeida27 de ago de 2008 11:54:00

    Wander, parabéns pela cobertura, querido. Por uma questão de tempo e por trabalhar o dia inteiro, acompanhei a Olimpíada daqui do Café com Notícias exclusivamente. Ver a maneira transparente como vc se coloca diante da notícia me deixa muito orgulhosa.

    O seu blog está se tornando uma referência aqui em Minas Gerais, saiba disso viu. Aqui na redação tem sempre alguém que comenta sobre ele.

    É a primeira vez q escrevo. Não sou muito ligada a tecnologias. Mas aprendi a respeitar os blogs, graças ao seu trabalho.

    Abraço e sucesso.

    ResponderExcluir
  7. O melhor blog de notícias que já vi...hehehe...tô viciado em Café!!!

    ResponderExcluir
  8. Amei seu blog, Wander. Desde a primeira vez q encontrei ele na net. Tb acompanhei a cobertura daqui do seu blog por causa do trbalho. A Maria Lúcia sempre fala de vc. Vc fechou a cobertura com chave de ouro.

    ResponderExcluir
  9. Realmente fizeram uma cobertura e tanto! Não só seu blog, mas no geral as mídias trouxeram rapidamente todo tipo de informação, quase que instantâneamente, e chegou até um ponto que esses 17 dias duraram uma eternidade. Não aguentava mais ler nada sobre China ou Olimpíadas...

    Parabéns pelo blog!

    []'s

    Musikaholic

    ResponderExcluir
  10. Rapaz, o post ficou show mesmo! Uma resumida completa (apesar do antagônico da expressão) da cobertura nos principais meios. Adorei! Nem sabia desse papo em off do Bial com o Mário Henrique. Aliás, nem sabia que a Itatiaia tinha mandado correspondentes!!! Esses mineirinhos come-quietos... hehehe
    Compadre, concordo com vc, o Luciano salvou muitos momentos da cobertura televisiva. Não vou me esquecer da final do futebol feminino em que ele elevou meu otimismo, depois de eu fugir do urubu do Galvão e cia. Fiquei zapeando que nem uma louca até encontrar alguém com o espírito mais positivo pra poder acabar de ver o jogo.
    Eu só não gostei muito da cobertura da Folha. O "maior jornal do país" ficou atrás do site da ESPN no Terra, sem dúvida e tb atrás de muito jornal da mídia internacional, como o La Reppublica da Itália, que foram bem mais completos e visualmente mais atrativos. Em Atenas, eu gostei, nesse ano, acho que a Folha decaiu bastante.
    A ESPN deu show mesmo! Eu prefiro assistir a cobertura por lá sempre de qualquer evento esportivo, porque a equipe é dez. O André Plihal, coitado, deve ter um foguete atado ao corpo, porque ele sai de um esporte, dali dez minutos já tá em outro, do outro lado da cidade e por aí vai. Vc percebe que ele tá cansado e ele continua mandando ver. É destaque sempre. A SporTV, com toda parafernália global, perde e muito para a concorrente, principalmente, na qualidade dos profissionais, não dá pra comparar.
    Enfim, o apanhado geral que vc fez foi muito completo e o Babel agradece muuuuuuito a menção, como sempre, viu? Dorei!!! :)))
    Beijocas e parabéns pela sua cobertura, pelo show dos bastidores e, posso falar uma coisa? Em 2012, estaremos lá, pode ter certeza disso. Falaremos sobre isso... ; )
    Beijo!

    ResponderExcluir
  11. A cobertura da ESPN foi realmente muito boa, em termos técnicos, tirando um deslize ou outro de ufanismo, como na matéria do Edu Elias antes da final do futebol feminino no qual ele praticamente deu o ouro pro Brasil. Mas a equipe é sensacional. É a melhor do Brasil disparado. Os "Bom dia" e "Boa Noite Pequim" foram ótimos.
    A Band mais uma vez compententíssima. Show de transmissão também. Agora, não sei porque criticam tanto a Globo, como vc citou mto bem: Tadeu Scmidt e Bial colocam qualquer um no bolso. São os caras!

    Quero só ver se a Record fará isso em 2012. Aliás, nem acho que ela transmita exclusivamente. Até lá mta água vai rolar... se for pra fazer uma cobertura como a da Euro, podem ir desistindo...
    Abraço
    http://falandoprasparedes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Fala Irmão !! Blz? Cara... vc realmente faz do seu Blog o point da informação !! A cobertura foi excelente e vc conceguiu mostrar todo seu Profissionalismo nas materias publicadas ,no Lay-out das postagens ... enfim , Vc é O CARA !!rsrs PARABENS e até a próxima em 2012!! Será que o Brasil vai sediar uma olimpiada algum dia? Acho que o país vai ter que fazer por onde merecer! rsrs

    Forte abraço
    Andre Rocha

    ResponderExcluir
  13. Wander,

    Realmente, que Jogos! Maravilhosos e com coberturas sensacionais. A Band, o Terra, a Itatiaia e os repórteres da Globo/ CBN mostraram que era possível trazer informação de qualidade, com o máximo de conteúdo.

    Quanto aos blogs, o Café e o Babel deram um show à parte. E estar nessa lista de destaques na categoria "blog" é engrandecedor a Equipe SF.

    Colega, sei quano foi árdua essa cobertura. Por isso, parabéns a todos nós que apostamos em séries sobre o país da Olimpíada.

    Abraços.
    ___________________________________
    http://semfronteirasnaweb.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Queria muito também cobrir as Olimpíadas de Londres direto da capital inglesa, mas vai ser no ano que estarei terminando meu curso de jornalismo. Acho que vai ser meio difícil, mas quem sabe?

    Li sua análise até o fim e, apesar de não ter nada a comentar sobre ela, gostei muito.
    Só achei uma pena não ter conseguido acompanhar as olimpíadas pela Itatiaia.

    ResponderExcluir
  15. eii Wandeer!
    concordo plenamente com vc!!!
    xD

    brigaadaa viiiu?

    sugestao ANOTADIIISSIMAAAA!
    vlw mesmooo!
    vou pratica-la viiu? ;)

    bom fds ;**

    ResponderExcluir