11 de janeiro de 2012

BBB12 – Reality show estreia fraco e mostra cansaço da produção em surpreender

quarta-feira, janeiro 11, 2012 - 6 Comentários

Nova logo do BBB12. Foto: TV Globo/ Reprodução.


Nova vinheta de abertura, uma casa muito mais colorida na decoração e uma produção nada criativa para apresentar os novos participantes. Foi assim a estreia da 12ª edição do Big Brother Brasil, exibido às 22h, pela Rede Globo. Apresentado por Pedro Bial, o programa de estreia foi um dos mais fracos e cansativos já exibidos nesses dez anos na TV aberta brasileira. 

Apesar de ter liderado os assuntos mais comentados do Twitter e ter herdado uma audiência de 50 pontos da novela Fina Estampa, o reality show de Boninho obteve uma ligeira queda para 34 pontos com pico de 36, mantendo-se em primeiro lugar.
 
Arrisco a dizer que até o Brito Jr., apresentando o programa de estreia de #AFazenda4 se saiu melhor para você ter uma ideia de quão ruim foi a volta do BBB à grade da Globo. O ponto máximo da falta de noção foi uma animação tosca e completamente chata dos participantes, onde Bial se limitou a fazer, entre um VT (vídeo) de cada participante, uma breve entrevista com cada novo brother. Deu sono!
Participantes do BBB12 saindo do hotel. Foto: TV Globo/Divulgação.
Outra falta de criatividade em surpreender o público foi a escalação de mais outros quatro participantes, que estavam sentados na platéia. Ao invés de promover um sorteio com os 60 possíveis candidatos a entrar na casa ou deixar para que o público escolhesse alguns nomes, a produção optou por fazer uma breve “lista de chamada”, sem ao menos explicar para o telespectador o motivo de não confinar estes quatro participantes no Hotel. Será que eles já não entram com informação privilegiada sabendo com o que já está rolando de especulação na mídia?
 
Impaciente com os erros da produção ao convidar o público para dar uma espiada na casa do BBB e a câmera continuar focalizando o seu preview, Pedro Bial tentou levar em tom de brincadeira o seu próprio descontentamento de apresentar um programa tão engessada e frio. Apelou para “as bênçãos do Velho Guerreiro” – onde nada se cria, tudo se copia; ao anunciar a primeira prova de resistência do #BBB12 inspirado no #BBB1: todos dentro do carro. Quem sair por último leva uma imunidade e o veículo em questão.
 
Nem mesmo com 11 edições nas costas, a produção do Big Brother Brasil aprendeu que reality show é novidade. O público quer ver algo novo e criativo. Não só novidade visual, mas principalmente de dinâmica de Jogo. E para um programa de estreia, o #BBB12 começou mal e completamente sem sal. Com os participantes já sabendo que não vai haver muita novidade, como se sentir motivado a ficar horas dentro do carro? Duvido se a regra fosse alterada, sendo o primeiro e o penúltimo a desistir de ficar dentro do carro abarrotado de gente, indo direto para o paredão, se não colocaria mais pressão na gincana? Fazer o mais do mesmo, até que cola. Mas é preciso tempero. Coisa que faltou e muito na estreia do #BBB12.



Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e participe da comunidade no Orkut.




Jornalista

  • Compartilhar:

Sobre o autor

Wander Veroni é jornalista especializado em Mídias Sociais e um entusiasta do empreendedorismo na web. Para segui-lo, basta acompanhar @wanderveroni e @cafecnoticias.
Veja outras postagens →

Mais café, por favor!

6 comentários :

  1. Nossa, fico feliz em saber que BBB não estreou com tanta pompa assim! Chega um ponto em que cansa, né?
    Todo ano é a mesma coisa, o mesmo perfil de pessoas alienadas dentro de uma casa. Depois de 12 edições, fica difícil inovar - melhor do que fazer feio, seria não fazer. Essa é a minha opinião!

    ResponderExcluir
  2. Ei Wander!O Ontem quando cheguei em casa depois do trabalho fui dar uma espiadinha no BBB e estava nessa parte de apresentação dos participantes. Achei super tosco....não aguentei e desliguei a TV. Preferi dormir. Foi uma estreia muito chata realmente e sem novidade como você apontou no texto, querido. Ótima análise para variar. Parabéns! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Só assisti duas edições do Big Brother Brasil, a 7 e a edição de número 10. As outras foram muito ruins. O que vi ontem da estreia do BBB12 não me empolgou. Ainda não sei se vou continuar acompanhando.

    ResponderExcluir
  4. Ótimo artigo.
    BBB sobra apelação e falta inovação.
    #Fato

    ResponderExcluir
  5. O MELHOR FOI O BONI FALANDO NO ALTAS HORAS COM O BIAL SE ELE GOSTA DE PROGRAMA RUIM ELE ASSISTE BBB! KKKKK FOI DEMAIS...ESSA PROGRAMA É UM LIXO,SE TIVESSE CHAVES NO LUGAR DO BBB EU NÃO TINHA DÚVIDAS QUE IRIA PRA VILA MAIS FAMOSA DO MUNDO!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Wander!
    Não sou fã do BBB e não acompanho diariamente, mas acho que o programa desse ano vai acontecer amigo. A turma pelo que vi é mais animada, bonita, parece ter alguma inteligência(rsrs) e ca pra nós novidades num programa desses é meio difícil. Discordo que a produção não seja boa ao contrário tem competência sim ou então não materiam no ar o mesmo programa a doze anos líder de audiência. Pode mudar? Deve. Melhorar? Idem. Mas que eles sabem fazer isso eu não duvido.

    ResponderExcluir

E-mail Newsletter

Cadastre seu e-mail e seja o primeiro a ficar sabendo o que rola no Café com Notícias

Adaptado por Giselle Carvalho | Imagem Header Crédito Psyho .
back to top