Fátima Bernardes se despede do Jornal Nacional em grande estilo

dezembro 06, 2011

Fátima Bernardes "passa o bastão" do JN para Patrícia Poeta. 
Foto: TV Globo / Divulgação.


Na noite dessa segunda-feira (05/12), o Brasil parou em frente da TV e fez coro nas redes sociais. Tudo porque foi o tão anunciado dia da despedida da jornalista Fátima Bernardes da bancada do Jornal Nacional (JN). Fátima ficou quase 14 anos com a função de apresentadora e editora-executiva, ao lado do marido William Bonner, que é o editor-chefe do telejornal. No Twitter, as tags #JN, Jornal Nacional, Fátima Bernardes e Patrícia Poeta foram parar no Trending Topics não só do Brasil, mas do mundo.

Ainda no Twitter, os internautas colocaram as tags #BotaForaDaFatinha e Ana Paula Padrão também entre os assuntos mais comentados do microblog. A primeira tag, muito espirituosa e em ritmo de festa, era uma forma carinhosa de se despedir da apresentadora do JN. Já a segunda, em tom de ironia, era uma forma de provocar a atual apresentadora do Jornal da Record, que anos atrás saiu da Globo, e com isso, perdeu a chance de ocupar a cadeira de Fátima.

De acordo com dados da prévia do Ibope, o último dia de Fátima Bernardes na bancada do JN marcou 35 pontos de audiência, com 57% de participação. O telejornal que foi ao ar das 20h29m às 21h15m teve, no seu último bloco, totalmente dedicado a despedida de Fátima e as boas vindas à Patrícia Poeta que, a partir desta terça-feira (06/12), assume o JN ao lado de William Bonner.  Assista abaixo a despedida:

Não tem como negar. A despedida de Fátima Bernardes da apresentação do JN é a prova de que o telejornal é o mais pop da TV brasileira e também o mais querido do público. Apesar de muitos críticos não concordarem com essa postura “celebridade” da “dança de cadeiras”, o fato é que a troca de apresentadoras feita dessa maneira mais badalada aproximou o público ainda mais do noticiário e afastou qualquer possibilidade de rejeição à Patrícia Poeta.

Outra coisa que me chamou atenção foi o currículo de Poeta que, coincidentemente, começou começou como moça do tempo no JN e já passou por muitas atrações na Globo, de apresentadora de vários telejornais, repórter, correspondente internacional e, por último, apresentadora do Fantástico. Mesmo torcendo por Ana Paula Araújo, reconheço que ela tem uma bagagem respeitável para assumir o JN, independente de qualquer coisa. Torço, de verdade, para que Patrícia Poeta nos surpreenda.
Foto: TV Globo / Divulgação.

Além disso, como bem lembrou Bonni em uma entrevista ao jornalista @fefito, no Blog Na TV, do portal iG, "Isso não passa de uma estratégia da Globo. A troca de artistas e apresentadores é rotineira na televisão. Não existe isso. A substituição da Fátima Bernardes pela Patrícia Poeta não é um momento histórico. Fátima não está fazendo história ao deixar o “Jornal Nacional”. Isso só ocorrerá quando, depois da estreia, ela fizer com que seu novo programa seja um enorme sucesso". Leia a entrevista completa, aqui.

Boni é sábio e um guru de Televisão. Ele tem razão quando fala que a saída de Fátima não  é um momento histórico. O que é histórico nisso tudo foi o modo como essa troca foi articulada na mídia e a empatia que o público recebeu a Poeta e está torcendo pelo novo projeto de Fátima. Creio que a Globo está apostando alto no novo programa de Fátima porque sabe do carisma e da credibilidade da jornalista.
 
O fato é que com essa “dança das cadeiras” a concorrência – principalmente “aquela emissora de segunda que não vale um tag”, está se mordendo de inveja com a repercussão e o quanto o novo programa da esposa de @realwbonner poderá causar nas manhãs. Teve até alguns internautas falando que a Padrão iria participar ano que vem do Hoje em Dia só para dar uma força....se isso acontecer de verdade, vou achar graça. Afinal, é uma prova viva de que o apelido de cópia não é implicância gratuita. Mas, voltando ao assunto deste post, sucesso à Fátima nesse novo projeto e, mais sucesso ainda à Patrícia Poeta neste novo desafio na carreira. O negócio é não se acomodar. Viva a revolução!



Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e participe da comunidade no Orkut.




Jornalista

MAIS CAFÉ, POR FAVOR!

4 comentários

  1. Ei Wander! Ei fiquei ali sentada no sofá o tempo todo esperando que o Bonner desse um beijo de boa sorte na Fátima...ia ser tão bonito, né. Mas, mesmo assim, gostei dessa transição. O público gosta de participar de todo o processo e fica envolvido. Beijos e parabéns pelo post, querido. :)

    ResponderExcluir
  2. Oi Wander! A Fátima é linda e super competente. Tenho certeza que o programa dela será um sucesso. Também desejo boa sorte a Patrícia Poeta no Jornal Nacional. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Leonardo Albuquerque7 de dez de 2011 12:18:00

    Não pude ver a despedida da Fátima Bernardes no dia. Vi agora no post do blog. Achei bacana esse momento "Video Show" do JN. É bom mudar e quebrar esse padrão formal de vez em quando. Ponto para a Globo que aproximou o público com essa dança das cadeiras.

    ResponderExcluir
  4. luciclea carvalho8 de dez de 2011 01:18:00

    Fátima e Patrícia são lindas e talentosas, certamente farão e seus programas um espetáculo!!

    ResponderExcluir