27 de julho de 2011

Café com Notícias tem o nome plagiado por novo programa da Rádio Itatiaia

quarta-feira, julho 27, 2011 - 22 Comentários

Foto: Blog Aurélio Jornalismo / Reprodução.

Nesta terça-feira (26/07), por meio de um tweet da amiga jornalista @flavyapereira, fiquei sabendo que a @radioitatia plagiou o nome do blog Café com Notícias, em seu novo programa, que estreia no dia 1º de agosto, de 04h às 06h da manhã. 

A atração chamará “Café com Notícia” - notícia no singular mesmo, como se isso fosse uma grande diferença. O programa terá a apresentação do jornalista e locutor Renato Gonçalves. Na hora que soube do ocorrido fiquei muito chateado, principalmente pelo fato de conhecer várias pessoas da produção da emissora e elas, por tabela, me conhecerem por meio do trabalho profissional que desenvolvo com o blog nesses anos todos.

Fiquei decepcionado porque, primeiro, há quase quatro anos participo do programa Rádio Vivo, da Rádio Itatiaia, como debatedor convidado, e sempre no final da minha participação, na hora de mandar abraços, faço o convite para ouvintes acessarem o blog Café com Notícias

Segundo, porque conheço o Renato Gonçalves e ele – por já substituir o José Lino várias vezes no comando do Rádio Vivo, também conhece o meu blog. E, para finalizar o golpe com chave de ouro, há algum tempo o perfil oficial no Twitter da Rádio Itatiaia me bloqueou, o que me inibe de segui-lo, mencioná-lo e, principalmente, ter acesso ao que eles escrevem. Isso é ou não muito suspeito?



Para quem não sabe, segundo o Dicionário Aurélio, o plágio é caracterizado pelo ato de "assinar, apropriar ou apresentar como seu um obra artística, intelectual ou científica de outrem". A origem etimológica da palavra “plágio” vem do grego e do latim (plagios), que possui o significado de trapaça.

Há algumas semanas atrás, na época da minha última participação no Rádio Vivo, no dia 16 de julho, já tinha achado muito suspeito esse block no Twitter. Pensei: o que leva um perfil institucional a bloquear um jornalista que participa de forma voluntária de um programa da rádio há quase quatro anos e que sempre enalteceu o trabalho da emissora nas redes sociais? Fiquei com a pulga atrás da orelha. O grande problema de estrearem com o nome parecido com o meu blog é fato disso possibilitar confusão e associações equivocadas, tanto ao novo programa, quanto ao blog.

Acreditei que esse block deveria ser de um profissional novo na rádio e que não foi com a minha cara...rs. Por isso levei a atitude na esportiva e em off. Mas, agora, juntando os fatos, percebo que nada acontece por acaso. Ao que parece, o bloqueio queria me inibir, de alguma forma, o acesso ao conteúdo da rádio no microblog. 

Porém, Deus escreve certo por linhas tortas e ilumina os leitores (e amigos) fiéis do Café com Notícias que trouxe o caso à tona e que me ajudaram a repercutir o incidente nessa terça-feira (26/07) à noite via Twitter. Até o fechamento deste post a Rádio Itatiaia não se manifestou nas redes sociais sobre a acusação de plágio.

Daí fiquei pensando: como estrear um programa com o nome de um projeto jornalístico de um colega de imprensa sem ao menos consultá-lo ou notificá-lo? Isso é, no mínimo, falta de ética. E isso me leva a crer que a Rádio Itatiaia (por meio dos funcionários que estão a frente desse novo programa) agiram de má fé e estão querendo plagiar o nome do meu blog que já foi amplamente divulgado pelo microfone da rádio nesses anos todos. Lembrando, que o Café com Notícias vai fazer 4 anos no dia 20 de agosto. Que presentão de grego, hein? Isso vale um processo, claro! Hoje (27/07) mesmo acionei um escritório de advocacia especializado em direitos autorais.

Será que ninguém da produção achou que eu não iria reagir diante disso? Que iria encarar o plágio como uma homenagem ou deferência? Meu Deus...é muita cara de pau! Não entrei em contato a rádio, pois eles na hora que decidiram usar e divulgar o nome do novo programa (no site e no Twitter) não entraram em contato comigo, porque eu haveria de contatá-los? 

Você ligaria para a casa de alguém que te deu um soco para ele explicar o porquê da agressão? Não, né. Me senti agredido e lesado. Pôxa, vida! Se somos adultos e vivemos em democracia, cabe a Justiça resolver. O que posso explicar para os leitores e amigos é que deixei toda a questão nas mãos do advogado. Ponto. E aguardemos o desenrolar dessa história...





Pense bem: uma pessoa que copia o nome de uma obra alheia sem autorização e sem citar a fonte, apenas o faz por incapacidade de fazer, ela mesma, a sua própria obra, é considerado, juridicamente, como plágio. Será que ninguém da produção deste novo programa sabe o que é Ética e Plágio? Vale ressaltar que, além do plágio ser ilegal, esta ação revela desonestidade intelectual.

Ou seja, mesmo que não levado a um tribunal, o plágio é uma atitude socialmente (e moralmente) condenável, ainda mais quando se trata de comunicadores e jornalistas. Pelo entendimento da legislação de direito autoral do Brasil, mesmo que a palavra “Notícia” esteja no singular no nome do novo programa (Café com Notícia), trata-se da apropriação consciente da idéia do outro.

O blog Café com Notícias, na internet, tem mais dois xarás, mais novos, inclusive: um é um portal de notícias da cidade de Lauro de Freitas na Bahia e o outro é também um blog (desativado em 2008) de um programa de rádio na região Norte. Como esses xarás têm uma atuação bem regional e linha editorial completamente diferente da minha, apesar da coincidência, vivemos pacificamente na internet.

Não os considero plagiadores, até porque acredito que eles nem saibam da minha existência. No caso da Rádio Itatiaia é diferente: se eu fui convidado para participar dos programas entre 2007 a 2011, é lógico que eles sabem da existência do Café com Notícias. E eles, sabendo da existência do meu blog, ainda criam um programa homônimo? É muita falta de ética...sinceramente, estou decepcionado com essa história toda. Por conta de todo o ocorrido, hoje procurei um advogado para acionar a rádio juridicamente por plágio, má fé e uso de propriedade intelectual alheia.
Foto: Site Create Design / Reprodução.

Desde já agradeço aos amigos @FlavyaPereira, @heraldoleite, @leticiamurta, @leticiacastro, @silnamibia, @arnaldotrindade, @priialcantara e @silvestremendes pelo apoio. Agradeço, em especial, ao Dr. Alexandre Carvalho Misk e Dr. Antônio Carneiro, advogados especializados em propriedade intelectual, que toparam na hora me defender e dar toda orientação nesse caso para iniciarmos os tramites jurídicos necessários.

Aos leitores e amigos do @cafecnoticias peço para que me ajudem a viralizar esse texto nas redes sociais que você faça parte e que, principalmente, escreva um comentário no final deste post. Peço também para repercutir esta história em blogs, sites, jornais, revistas e outros programas, além, é claro, do Twitter, Facebook e nas demais redes sociais para que possamos combater a falta de ética e o desrespeito com a propriedade intelectual do trabalho alheio. O plágio também pode acontecer com você, pense nisso. Vamos juntos nessa luta!









Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e baixe o aplicativo do blog.










Jornalista


  • Compartilhar:

Sobre o autor

Wander Veroni é jornalista especializado em Mídias Sociais e um entusiasta do empreendedorismo na web. Para segui-lo, basta acompanhar @wanderveroni e @cafecnoticias.
Veja outras postagens →

Mais café, por favor!

22 comentários :

  1. Que situação chata! Puxa... é horrível sentirmos que nossa idéia está sendo apropriada a uso interessado de terceiros.

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Isso é o cúmulo do ápice do absurdo. Esse pessoal te conhece pessoalmente
    E fazem isso? Não dá pra acreditar. Acho que a Itatiaia pensa que Blog é coisa
    de criança e que a internet é terra de ninguém. Eles que continuem pensando assim e poderão até mesmo perder a admiração de milhares de ouvintes.
    Acooooorda Itatiaia!!!!! Acorda pra vida minha filha!!!! Respeite as pessoas!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, cara, que revoltante isso. Pior é que são pessoas que você conhece, uma falta de ética tremenda!

    Estou torcendo por você!

    Abçs!!

    Danilo Moreira
    http://blogpontotres.blogspot.com/
    Delírio - Descontrole

    ResponderExcluir
  4. Que sacanagem Wander! Dá dó ver um trabalho suado ser plagiado assim, ainda mais por uma empresa que tem tantos profissionais. Tenho certeza que não teria necessidade disso. Mas é sinal que o seu trabalho é bom, afinal as coisas boas que são copiadas! De qualquer forma acho legal você procurar o Emanuel Carneiro...vai ver ele não sabe que alguém sem criatividade roubou o nome do seu blog. Agora, se ele não resolver acho que a justiça é o caminho! Não se abata...vc é o cara! Bjão, Karina

    ResponderExcluir
  5. Olá Wander!
    Estava um tempo sumido do mundo "virtual", sem tempo pra visitar aqui e outros blogs.
    E agora que volto me deparo com uma notícia dessas.. =/
    Sinto que muita gente ainda não aprendeu a levar blogs a sério, mas, como diz o ditado, se não aprende por bem, aprende por mal.
    Abraços
    Wagner Lopes

    Ps: respondendo a sua ultima frase do post, sim, ja aconteceu comigo =/

    ResponderExcluir
  6. Sinto muito pelo que está passando, meu amigo. E posso dizer que sei o quanto esse sentimento é ruim. Como designer gráfico, também já passei por uma dessas.

    Em um dos meus trabalhos, desenvolvidos para o setor de interação do UOL, tive um dos meus desenhos copiados descaradamente e sabe como descobri? Um dia, andando pelo centro de BH entrei numa loja que vende objetos de decoração.

    Quanto passei pelo setor de cozinha vi inúmeras canecas impressas com desenhos meus! Infelizmente, até hoje ainda não descobri a origem.

    A loja afirma que compra tudo da China, através da importação o que dificulta muito descobrir o culpado, até pq as canecas não tem marca de impressão alguma, como nome ou marca.

    É uma vergonha mesmo quem age dessa forma. Uma verdadeira falta de respeito com o trabalho e a criatividade alheia. Por isso, tem meu apoio. Corra atrás dos seus direitos.

    Um grande abraço e boa sorte!

    ResponderExcluir
  7. Coisa chata, hein Wander... Como você bem escreveu, pior ainda pelo fato de que eles te conhecem. Uma pena.

    Abraços

    ResponderExcluir
  8. "A ética é daquelas coisas que todo mundo sabe o que são, mas que não são fáceis de explicar, quando alguém pergunta".(VALLS, Álvaro L.M. O que é ética. 7a edição Ed.Brasiliense, 1993, p.7)

    Leia mais: http://www.mundodosfilosofos.com.br/vanderlei18.htm#ixzz1TPdDcJpx

    Deve ser por isso que algumas pessoas a ignoram e fazem coisas assim, desprovidas de ÉTICA!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Wander.

    Agente sempre irá encontrar estes elementos nefastos a sociedade, porque são pobres de tudo.
    Pobres de ideia, Pobres de caráter, Pobres de iniciativa, em fim, plagiadores com muita cara de pau ( óleo de peroba neles).
    Se é para contar com agente, estamos aí para denunciar estes fraudadores de títulos em benefício próprio.

    João Bosco

    ResponderExcluir
  10. Wander, concordo com a sua revolta. Cheguei a ouvir o anúncio deste programa e confesso que pensei que tinha seu dedinho... em função do nome do Blog. Agora vendo que não era bem isso... nossa, é revoltante.

    ResponderExcluir
  11. A Rádio Itatiaia tem bons jornalistas e produtores, alguns que conheço, inclusive, mas é fato que há muito se perde - com amadora facilidade - na política da boa vizinhança jornalística.
    Não imaginei que pudesse evoluir para a falta de ética, mas, por vezes, já temos ouvido divulgação de notícias externas com o crédito cretino de "sites na internet", "circula na rede", etc. Isso ocorreu por inúmeras vezes quando dissimulados repórteres davam notícia que saiu primeiro no Superesportes (do UAI).

    Com esse comportamento, a rádio veste cada vez mais a arrogância por sua representatividade em MG e presta mais um desserviço público. Lamentável que tenha recaído sobre você, Wander. Continuamos contigo como leitores fieis, assíduos e que podem atestar a originalidade do seu blog e do título.

    Pena que o comando dos veículos de comunicação seja adepto do jornalismo preguiçoso, do copiar e colar, ao invés de trabalhar para melhorar os produtos informativos e, principalmente, poder cultivar a comunicação com criatividade. Não é porque um humorista/apresentador disse que "nada se cria, tudo se copia" que as pessoas podem passar a crer que o furto da propriedade intelectual seja tão normal e corriqueiro quanto o ato igualmente criminoso de baixar um filme na internet.

    ResponderExcluir
  12. Relaxa, a consciência é limpa e quem tenta fazer sucesso as custas do que é dos outros tem prazo de validade!

    Aqui na internet mesmo tem gente pra tudo... outro dia falei pra Manu que mudei meu login no Twitter pra fazer uma brincadeira e roubaram o meu @annyston rsrs

    ResponderExcluir
  13. Se não me falha a memória, no canal 25, tinha um programa chamado "Café com Notícias", isto em 1997. Isto também não seria um outro "plágio"?

    ResponderExcluir
  14. Oi Luiz!

    Nessa caso em especial a configuração de plágio está na maneira de como a ideia foi apropriada. O meu relato é bem claro quanto isso. Não estou lutando só pelo nome, mas por acreditar que precisamos ser mais éticos com os colegas de profissão, principalmente quando a gente o conhece.

    O que está no passado, já passou, como é o caso desse programa que vc mencionou. Estamos falando do presente para fazer um futuro melhor. O debate dessa questão toda não está somente no nome, mas como a história se deu. Faço o convite para reler o post com calma, ok.

    Abraço

    ResponderExcluir
  15. O povo tá inflamado aqui e não é para menos.

    O que eu quero mesmo é ver o desenrolar desta peleja porque vc tomou uma atitude assertiva, quando se sentiu lesado, que é pioneira em todos os sentidos.

    Já te disse que sou sua testemunha, pois me lembro de vc falando do Café no programa sabatino da Itatiaia e, aliás, vc tb mencionou o Babel e me mandou beijo. : )

    Estamos juntos, compadre. E estou doida pra saber qual será a linha de argumentação do seu advogado.

    Beijocas enormes e guenta firme!

    ResponderExcluir
  16. Também me lembro deste programa da TV Café com Notícias, que era apresentado pelo jornalista Paulo Heneine, que trabalhou inclusive na Rádio Itatiaia. Pelo visto, o nome Café com Notícias passou antes por lá. E como fica sua campanha Diga não ao plágio? Como você mesmo disse, seja original, recuse imitações!!!!!

    ResponderExcluir
  17. @Letícia: Obrigado pelo apoio, cumade. Você é testemunha da minha participação na Rádio Iatiaia nesses anos todos. Como disse, a minha briga não é só pelo nome, mas pela falta de ética de se apropriar de um nome alheio. Vamos aguardar o desenrolar desse caso.

    @Cláudia Faria: Confesso que fiquei sabendo desse programa recentemente, por meio de um comentário aqui no blog. Não me lembro dele e tenho certeza que nunca o assisti. Nem sabia que existiu em BH o canal 25. Tenho 26 anos - nessa época (1997) eu tinha 12 anos, e nem pensava que um dia me formaria jornalista e criaria um blog. Na minha casa, quando era mais jovem, só tive acesso aos canais da TV aberta UHF. Fui descobrir os canais VHF (acima do 12 da Globo), muito mais tarde...rs. Meu contato com internet só se deu na época em que entrei na faculdade para você ter uma ideia...rs. Até onde sei o programa não existe mais. Mas só pelo fato do apresentador ter sido um ex-funcionário da Itatiaia não dá direito da emissora usar o nome ou alegar que a ideia em si do meu blog não é original, no meu entendimento. O meu caso é muito particular porque eu frequentei a Rádio e falava no microfone da emissora sobre o meu blog. Veja bem: participo como debatedor convidado no Rádio Vivo há quase 4 anos e no final da minha participação, sempre convido os ouvintes da rádio para acessarem o Café com Notícias, citando a URL: http://cafecomnoticias.blogspot.com . Minha última participação na Rádio foi em 16 de julho desse ano. A primeira foi em 2007, ainda no programa piloto da edição de sábado. Isso está gravado! A grande questão, como apontei neste post é, ao juntar os fatos, tudo leva a crer que houve má fé, de apropriação de um nome que já foi divulgado à exaustão no microfone da Rádio Itatiaia e tem um trabalho consolidado na internet há quase quatro anos. É como se eu falasse uma ideia (ou um nome) para você e só porque eu não registrei (como marca/patente, por exemplo) você vai lá e publica antes? Entendeu? Temos que falar do presente. E o presente é que pode existir um Café com Notícias (blog) na internet e um programa de rádio Café com Notícia - no singular e que configura ainda mais o conceito de plágio, de acordo com a legislação brasileira de direito autoral e propriedade intelectual. É só juntar os fatos. Pense bem e se ponha mo meu lugar.

    ResponderExcluir
  18. Mas nesse caso, precisa saber se o programa da Rádio Itatiaia vai ter a mesma estrutura de seu blog... Como já citou em seu próprio post, o nome "Café com Noticia(s)" é muito mais comum do que se pode imaginar, e no caso qual será a concorrência de um programa de rádio que é de 4 às 6 da manhã com o seu blog? Imagino que o público será totalmente diferente. Quando você questiona que foi de má fé, te pergunto você tem provas que os idealizadores do programa (que deve ser a alta diretoria daquela emissora) sabiam do seu blog? Por que uma coisa é você conhecer e ser conhecido pela produção do programa Rádio Vivo e outra coisa é esse grupo de pessoas saberem de seu blog. Outra coisa, já que esse programa era realizado por funcionários da Itatiaia, praticamente eles só voltaram com um programa do passado, então acho que eles têm o direito de colocar o nome, MENOS TRANSFORMAR O SEU BLOG EM UM PROGRAMA DE RÁDIO! Isso sim seria um abuso que deveria acionar a justiça.

    ResponderExcluir
  19. Oi Gustavo! Não se trata apenas de concorrência direta. O grande problema é as pessoas saberem que você já usa profissionalmente um nome em um blog e querer usá-lo como título de um novo programa. Até aonde sei as pessoas envolvidas com a produção e apresentação desse programa me conhecem. Além disso, o programa mencionado pelo jornalista não era da Rádio Itatiaia no passado, mas sim do Canal 25 e o apresentador dele veio, futuramente, a trabalhar na rádio. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Leia o post novamente e veja a singularidade do meu caso que não é, como disse acima, apenas uma briga de nome, mas por mais ética, coêrencia e justiça. O que é passsado está no passado. Vamos falar do presente e tentar fazer um futuro melhor. Abraço

    ResponderExcluir
  20. Wander do céu, estou chocado com essa notícia. Que babado, menino! E fico mais chacada ainda é ler, via comentários, pessoas querendo distorcer a situação e não assumindo a presepada que a Rádio Iatiaia fez.

    Você tem toda razão: vamos falar do presente. E o presente é que você ia na rádio, participava do Rádio Vivo - inclusive com o Renato Gonçalves já apresentando esse programa algumas vezes, e vc falava do seu blog no microfone da emissora. Alguém quer mais evidência do que isso? Acooorda, gente!!!

    Além do mais, a produção te conhecia, sabia do seu trabalho, afinal são quatro anos indo na rádio. Gente, é só juntar os fatos, né?

    O mais triste de toda história Wander é, como você mencionou, ser por pessoas que te conhecem e conhecem o seu trabalho. Tô de cara com esses comentários aqui em cima de gente qurendo distorcer todo caso....dá vontade de torcer o pescoço...rs.

    Gente, o programa era de 1997. Estamos em 2011. Hellooooooow. Vamos falar de presente, hein! Now! Se toca, galera! O que a rádio fez foi falta de ética, sim. Wander, parabenizo a sua coragem de expor esse caso e levá-lo a público, o que prova o seu caráter, profissionalismo e dedicação com este blog.

    Duvido se alguém lançasse um blog com o nome da rádio ou de algum programa se a emissora iria permitir?

    Desejo sorte na empreitada e conte com os seus leitores sempre.

    Beijooos

    ResponderExcluir
  21. É LAMENTÁVEL lidar com situações como essa. Já passei por algo parecido.

    Óleo de peroba neles. Vida longa ao seu blog. Sucesso, até mais.

    Leia o meu: http://www.nacoladanoticia.com.br

    ;)

    ResponderExcluir
  22. éé,já fui um grande ouvinte da itatiaia. ficava quase 24 horas ouvindo a rádio. há um tempo atrás tenho percebido que a itatiaia anda muito repetitiva, sempre a mesma coisa, acir antão com o seu ooiiii ggeeentttee booomm diiiaaaa.. coisa mais tosca!!!. E o José lino que quase sempre leva os mesmos temas para o debate,e sem falar de uma pessoa que gosto muito mas oculpa qrande parte da programação:Robson Lauriano, 4 horas de programas. é acho que a itatiaia precissava mesmo de mudar,mas mudar para uma programação melhor,pois pense bem o renato gonçalves e o zé carlos eram locutores substítutos na rádio,até o hamilton de castro ir embora ir deixar o programa para o zé.quando o querido hamilton se foi, o programa foi mudado totalmente.quando antes você tinha conversa e pouca música,agora você tem mais música e pouco bate papo. o programa do bolota(robson lauriano) reproduz mais músicas do que pegam ouvintes para contarem piadas.você no domingo liga na itatiaia de manhã,e quem você encontra? renato gonçalves com a parada do rádio,você liga o radinho de noite antes do apito final,oq vc encontra? Renato gonçalves,tá ai vc desliga o rádio e liga depois do apito final,adivinhe quem está lá? ohhh não poderia ser um melhor que o nosso colega Renato gonçalves....é q coisa,não. acho a itatiaia está necessitando de novas contratações. não de roubar idéias de jornalistas... Cadê a gentileza itatiaia???
    eu pratico e você????

    ResponderExcluir

E-mail Newsletter

Cadastre seu e-mail e seja o primeiro a ficar sabendo o que rola no Café com Notícias

Adaptado por Giselle Carvalho | Imagem Header Crédito Psyho .
back to top