Goleiro Bruno do Flamengo é acusado de homicídio na Grande BH

junho 29, 2010


Uma história de amor sem final feliz. No passado não muito distante, marcas de um relacionamento tenso e bastante complicado. Desde o dia 4 de junho, quando teria saído do Rio de Janeiro para Minas Gerais, a convite do ex-namorado, o goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, do Flamengo, a paranaense Eliza Silva Samudio, de 25 anos, esta desaparecida e, provavelmente, assassinada.



Vamos às novidades: 1) Morador do condomínio disse q Bruno sempre fazia festas. Não podia faltar bebida, jogador de futebol e prostitutas!less than a minute ago via web



O caso Bruno: outro detalhe: quem some com corpo é policial bandido e entre os suspeitos há um, ex-pm, expulso por assalto a banco.less than a minute ago via TweetDeck




As investigações ainda não foram concluídas. Mas, de acordo com a Polícia Civil, tudo leva a crer que o atleta rubro negro é o principal suspeito do crime. Além disso, Dayane Souza, esposa de Bruno, foi presa por mentir à polícia e acusada de subtração de incapaz do suposto filho da amante do goleiro. Ela havia entregado o menino na casa de uma adolescente no bairro Liberdade, em Ribeirão das Neves, onde o bebê foi encontrado.

Apesar disso, após conseguir um alvará, Dayane conseguiu ser solta, na manhã de sábado (26/06). Ela será novamente convocada a depor. Nesta segunda-feira (28/06), a polícia fez buscas no sítio do goleiro Bruno, que fica na Grande Belo Horizonte. Veja a reportagem abaixo:




Passado

A suspeita do goleiro Bruno não é à toa. Em outubro do ano passado, a paranaense Eliza Samudio, na época grávida de cinco meses, prestou queixa contra o atleta na Delegacia de Atendimento a Mulher (Deam), no Rio de Janeiro, por ter sido sequestrada, ameaçada de morte e agredida fisicamente pelo seu ex-namorado, que queria de qualquer maneira que ela fizesse um aborto.



Na minha escala Dado Dolabella de desprezo pela mulher, o Bruno, goleiro do Flamengo, acaba de atingir o nível mais alto.less than a minute ago via web



Segundo Eliza, a criança seria fruto de uma relação de quatro meses que teve com o atleta. No vídeo abaixo, feito pelo jornalista Paulo Carvalho, do Jornal Extra, a paranaense conta os momentos de terror que viveu ao lado do jogador:






Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, assine a newsletter e participe da página no Facebook e da comunidade no Orkut.





Wander Veroni
Jornalista

MAIS CAFÉ, POR FAVOR!

8 comentários

  1. Cara, essa galera ta ficando cada vez mais pscicopata Oo

    ResponderExcluir
  2. eu achei muito estranho, um goleiro, pessoa boa... matar uma mulher? Por uma briguinha? Aff...

    ResponderExcluir
  3. muito estranho esse caso mesmo, e se for verdade, que tragedia! ele só nao vai apodrecer na cadeia porque tem dinheiro

    ResponderExcluir
  4. Amigo Wander,

    Não sei o que leva o homem tão jovem, rico, com uma carreira tão promissora a entrar numas paradas erradas dessa.

    Abçs Marivan

    ResponderExcluir
  5. Rubens Alexandrino30 de jun de 2010 01:09:00

    Infelizmente só tenho algo a dizer: - O que começa errado, termina errado. As pessoas precisam ter mais feeling e ficarem mais atentas as situações, pois essa era uma situação em que ela nunca o teria, pois o mesmo já possuia uma esposa e mesmo que ele a iludisse ela teria que manter um pé atrás ou melhor ter saído da situação que teve esse prévio trágico desfecho. Muito triste.

    Abs, Rubens

    ResponderExcluir
  6. Não se pode julgar sem saber o que aconteceu, mas mesmo antes dessa suspeita, ele sempre se portou de maneiras agressivas, tem um monte de barraco com mulher esse cara.

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  7. o bruno tem que morrer na cadeia! não duvido nada que tenha sido ele. ele não tem um passado bom, pois já tinha agredido uma mulher em uma festa. seria a mesma?

    ResponderExcluir
  8. acho que a policia deveria procurar os restos mortais dentro de um lago. os restos podem estar dentro de um latão ou coisa parecida, mas porem concretado. sonhei com isso.

    ResponderExcluir