Legendários estreia com boa audiência e repercussão negativa no Twitter

abril 11, 2010



Um programa de variedades, com toques de humor e, ao mesmo tempo, provocativo. Foi essa impressão que Legendários, programa que estreou nesse sábado (10/04), às 21h45, na Rede Record, deixou para os telespectadores. A atração conquistou a vice-liderança isolada na audiência, com média de 10 pontos, no Ibope da Grande São Paulo.

Na contramão do sucesso de audiência, @Legendarios gerou uma péssima repercussão no Twitter. A tag #LegendariosFAIL ocupou as primeiras posições do Trending Topics do Twitter no Brasil, ao lado da tag Jaque Khuri, ex-BBB e integrante do elenco da atração que foi comparada a Sabrina Sato, que também participou do Big Brother Brasil e hoje trabalha no Pânico na TV, da RedeTV! – programa pioneiro na TV aberta que abriu as portas para essa nova safra do humor a partir do stand up comedy.

Da outra ponto no Twitter, alguns usuários e celebridades, eleogiavam a estreia de Legendários, só que em um coro muito menor. No geral, a mensuração de posts no Twitter, nos faz pensar uma coisa que é preciso deixar bem claro: o público esperava outra coisa, e se decepecionaram.

Fica a cargo da produção consertar isso, pois o programa foi amplamente divulgado na mídia e redes sociais e, considerado, por muitos dos seus integrantes como pioneiro. Não foi isso que o público viu, infelizmente. A estreia de Legendários foi boa, mas houve uma falha de comunicação entre o público-alvo e quem o produziu. Não enxergar isso é jogar meses de pré e pós produção fora.

Na verdade, se pararmos para pensar do ponto de vista de produção final, Legendários não está mal. Muito pelo contrário, é um programa autêntico e que foi desenvolvido e planejado em vários detalhes. Desde o figurino dos apresentadores, os quadros, trilha sonora, cenário e esquetes. Só que a expectativa esperada no público era para ser um programa de humor. E, pelo menos na estreia, não foi.

Legendários, em síntese, neste primeiro momento, pode ser considerado um programa de variedades com auditório. A atração tem um tom provocativo interessante e bem dosado, seja pelo humor, seja pela informação. Aliás, o humor, na sua síntese, ficou a cargo da trupe ex-Hermes e Renato, nas suas esquetes no decorrer do programa.

Como telespectador, gostei do programa e acredito que pode ser uma opção interessante para as noites de sábado. O que pegou mal para Marcos Mion, na redação final de Legendários, foi enfatizar quase que hipnoticamente, que a atração tem a pretensão de ser revolucionária. Menos fala e mais ação, por favor. O programa está bem feito sim, mas precisa ainda adaptar alguns quadros, coisa que com certeza será feita no decorrer das edições. É um erro avaliar uma atração somente pela estreia...tenho certeza que toda trupe tem fôlego para provar o contrário e se superar.

O que podemos tirar de lição da estreia de Legendários, principalmente para quem trabalha com comunicação, é a importância de se ouvir o telespectador, que não é – ou nunca foi, passivo com o que lhe é oferecido como conteúdo. Prova disso foi esmagadora crítica negativa no Twitter que a atração teve na noite de estreia. Ninguém reparou, mas João Gordo foi escalado para comentar o programa com os internautas via microblog e, simplesmente, não fez isso, diante da avalanche de comentários ruins postados no site do passarinho azul.

Se a intenção é conquistar o público jovem, o melhor é ouvir a crítica dos internautas, mudar o que for preciso e aceitar que podem melhorar. Esconder esse episódio não é bom, nem para o elenco, muito menos para a produção do programa ou para a própria Record. Assumir e consertar, é melhor do que abafar. Afinal, todos querem que o projeto dê certo. E eu, como jornalista e telespectador, torço para que isso aconteça, pois pelo que li no blog do elenco de Legendários todos se entregaram de corpo e alma para o sucesso da atração. O elenco tem talento. Ainda dá tempo!



Fotos: Michele Vargas, do Portal R7.




Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, participe da comunidade no Orkut ou assine a newsletter.





Wander Veroni
Jornalista

MAIS CAFÉ, POR FAVOR!

14 comentários

  1. Afff.... nem posso dizer se gostei ou nao.
    Nao vi!
    A Rede Record saiu do ar em minha TV a cabo um pouco antes das 20h.
    Fica para o proximo sábado... curiosidade é que nao falta!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc! E outra coisa: Primeiro rolou uma piada de muito mal gosto. A garota (chata, perdida e sem talento) pergunta ao Chitãozinho: Eu andei pesquisando duplas pra falar com vcs. Leandro e Leonardo, o Leandro morreu. João Paulo e Daniel, o João Paulo morreu. Claudinho e Bochecha, o Claudinho morreu.

    Como está a sua saúde? Péssimo isso, hein? Depois ficaram provocando o Pânico - sobre mulheres peladas e não querer apelar para fazer um bom programa. Fala sério!

    O Pânico é uma droga mesmo, mas isso na minha opinião. Certamente, há quem goste. E cada um que faça o seu sem atacar os dos outros. Detestei o programa!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi, Wander!

    Confesso que TENTEI assistir os tais "Legendários". Não consegui. Achei muito ruim, tanto como programas de variedades ( e vaidades) como de humor. Achei uma cópia muito mal-feita do CQC com alguns escretes de Pânico na TV.

    O problema de muitos artistas ( pode-se contestar alguns...rs) que fazem parte do Legendários é que eles são facilmente datados. Hermes e Renato é um exemplo. Acho difícil que funcionem bem fora da MTV - a não ser que sigam o exemplo do "Casseta e Planeta", bem comportadinhos e seguindo o manual Globo de "auto-bajulação"; ex-VJ's da MTV, por mais talentosos que sejam, não conseguem se dar bem em outros canais. Lembra do Cazé Peçanha? Do Thunderbird? Quem se deu bem? Gastão Moreira, Astrid, Zeca Camargo? E por onde andam as musas Cuca ( que o Axl Rose se apaixonou) e Sabrina? Talvez na TV fechada, não tenho certeza.

    E o Marcos Mion precisa procurar outra coisa pra fazer ou passar o resto da vida na MTV, tentando repetir o sucesso de "Piores Clipes". ( ali, sim, ele mandava muito bem)

    Enfim, diante das péssimas opções na TV aberta brasileira, esperava-se que os Legendários ocupassem um espaço mais interessante. Não deu certo na primeira e duvido que acertem na segunda vez. Acho que não emplaca.

    Uma pena.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Eu acho que o Mion precisa se reinventar para a TV aberta. Ele é muito canal fechado, por isso sua passagem pela Band não deu certo. Ele precisa buscar um lado mais popular e menos tô me achando. O fato de ele sempre ter feito sucesso na MTV não o torna o máximo na TV Aberta.

    ResponderExcluir
  5. Eu acredito que os Legendários vão dar muito o que falar. O Mion pode não ser um cara fenomenal, mas ele é antenado, e ele vai ouvir todas as criticas e melhoras os pontos fracos!

    Curti o programa, principalmente o quadro da Miá e o final. Eles ainda tem muito o que melhorar, mas não duvido do futuro sucesso deles.

    http://papeisriscados.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Só assisti o final mais a impresão é de que,eles estão limitados pela emissora (estilo casseta) e não podem fazer o que faziam nas outras emissoras..

    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. tudo que vem do marcos mion eu dispenso!

    abraço, wander

    ResponderExcluir
  8. O problema é que "Legendários" tenta inventar uma fórmula entre CQC e Pânico (que há muito já deram ares de desgaste), e acaba no meio do caminho, como um goleiro, que na cobrança de um córner, não sabe se sai ou se fica na meta...

    Como você deixou claro no post: ainda há tempo de corrigir o rumo.

    ResponderExcluir
  9. Ihh, fiquei super curioso, não sei se vou gostar, mas vou assistir!

    abraço. obrigado pela passagem em meu blog!

    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Não consegui ver o programa todo, acabei dormindo, mas o pouco que ví não gostei. Muito fraco. O Marcos Mion estava muito forçado, sem graça, e ainda se acha o galã. O João Gordo não estava tranquilo, parecia que media suas palavras. Aquela reportagem dele correndo atrás do Kassab mostrou bem isso. não combina com ele.
    Só isso que ví mesmo, não ví a parte do Hermes e Renato mas tenho certeza que não vão se dar bem. O ponto forte deles era os palvrões, o humor bem podre mesmo... alí na Record não vai rolar isso.
    Esse programa vai ser igual ao show do Tom que era diário, depois de um tempo ficou algumas vezes na semana e agora nem sei quando passa!!

    Logo menos estarão todos na MTV de novo, que é o lugar deles! (não que seja ruim)

    ResponderExcluir
  11. OS caras são bons a Mia Mello e Marcelo Marrom era deznecessarios e eram muito bons la não foram a mesma coisa. Hermes e Renato,mion são bons porem o humor deles são bem de palavroes zuações nos outros o que nao vai acontecer la. Chamar uma ex bbb para tentar fazer o mesmo sucesso que sabrina sato faz no panico. João Gordo e Felipe Solari não vou falar nada pois nunca vi eles espero que melhorem pois não quero ter que trocar o canal enquanto o Mion apresenta o programa

    ResponderExcluir
  12. Assisti e não gostei,pra mim o programa é uma colagem de vários outros,até o brothers eles copiaram e de forma tosca...

    ResponderExcluir
  13. ana paula feitosa borges1 de mai de 2010 22:09:00

    oi pra mim tá perfeito, esses comentários acima estão fracos, é claro q se a maioria falar q tem q melhorar é claro q vcs tem q melhorar, mas p mim ta ótimo, vc são d mais...ta melhor q encomenda..to amando, nem to saindo de casa so p assisti legendários
    bjos
    ana paula

    ResponderExcluir
  14. Esse programe é muito ruim, vi poucas vezes num aguentei ver mais não. arre coisa ruim...

    ResponderExcluir