BBB12 – Monique inocenta Daniel de suposto abuso e primeiro paredão é ofuscado

janeiro 18, 2012



Foi uma terça-feira (17) intensa para quem acompanha o Big Brother Brasil (BBB12). O público estava ansioso para saber o desfecho do caso que virou um reality show à parte do próprio reality em questão. Após Monique ter inocentado Daniel do suposto abuso sexual ocorrido no programa, a Polícia Civil optou por continuar ainda as investigações.
 
No meio de todo esse auê do possível abuso, a palavra estupro ganhou uma força imensa nas redes sociais, blogs e sites. Até a imprensa internacional repercutiu o caso. Com isso, o público pode entender um pouco mais do lado legislativo da coisa, mas também muita coisa foi jogada no ventilador com o intuito de gerar ainda mais polêmica.
 
O primeiro paredão do #BBB12 foi completamente ofuscado por conta dessa polêmica. Analice saiu, e Jaqueline permaneceu na disputa por R$ 1,5 milhão. Enquanto isso, os outros participantes foram condenados pela direção do reality show à viver em mundo paralelo sem poder ter a noção – ou se quer debater, o motivo da expulsão de Daniel.
 
Desde o início do ocorrido, repito: não gostei da atitude de Daniel e acho sim que ele não foi correto com a Monique. As imagens falam por si só. No entanto, colocar Daniel no mesmo nível de um estuprador de rua, que agride mulheres por aí, já é demais.
 
Sinceramente, temo por ele de agora em diante. Infelizmente, Daniel não teve dentro do #BBB12 o direito de dar a sua versão da história, pois só ouvimos a Monique quando o áudio vazou. No entanto, o próprio admitiu que a sua saída foi o melhor para ele e para o reality. Não estou defendendo Daniel, nem vou mudar o que acho. O maior abuso disso tudo foi moral, na questão de respeito. Quem assistiu às cenas pelo PPV, transmissão ao vivo pelo site ou no domingo de manhã pelo YouTube – um vídeo de um pouco mais de 7 minutos, notou que Monique estava sim desacordada e completamente bêbada.
 
Todo mundo erra na vida. Eu já errei, você já errou e, provavelmente, vamos continuar errando. Já dizia o ditado que o “erro leva ao acerto”. Daniel errou. E o erro dele serviu para que muitos caras de balada por aí comecem a pensar duas vezes ao pegar uma menina a força pelo braço para dar um selinho ou a ficar com uma garota apagada de bêbada na balada e você continuar “a ficada” com ela dormindo pode ser visto como crime.
 
Se pararmos para pensar, a produção do #BBB12 errou mais ainda por tentar abafar o caso. A Rede Globo também por custar a se pronunciar sobre o ocorrido e a aprender a tratar os assuntos com mais transparência. Neste caso específico, a pressão dos internautas foi necessária e muito bem vinda para que tudo não acabasse em pizza. E desejo, sinceramente, que Daniel possa seguir em frente. Aliás, temos todos que aprender a seguir em frente. Vamos mudar de assunto? A vida continua.


- Atualizado, às 20h, 19/01/2012.

COMUNICADO IMPORTANTE


O Café com Notícias é um blog democrático e gosta de ouvir os dois ou mais lados da notícia. Na tarde desta quinta-feira (19/01) foi anunciado à imprensa que o modelo Daniel Echaniz, 31, ex-participante do BBB12, eliminado expulso após um suposto caso de abuso sexual estupro à estudante Monique Amin, 24, daria uma entrevista coletiva para dar a sua versão a respeito de todo o ocorrido.

Porém, Daniel não compareceu à entrevista coletiva. Assim que ele se pronunciar oficialmente sobre o caso, ele também terá um post dedicado no blog. Por ora, achei melhor atualizar o último post para que as pessoas que estão acompanhando o caso pelo Café possam entender os últimos acontecimentos.

Na coletiva, os advogados Dra. Adileia Triane e Dr. Wilson Matias afirmaram que Daniel ainda mantém contrato com a Rede Globo e que a emissora estaria pagando os custos dele no Hotel. Por uma questão de segurança, Daniel também estaria trocando permanentemente de Hotel e andando de carro blindado. Por ora, o Ministério Público apreendeu o passaporte do modelo para que ele não deixe o país.

Ainda, os advogados do modelo reafirmaram que Monique negou o abuso e que estão lutando juridicamente para que o modelo retorne à casa comandada por Pedro Bial. Apesar dos advogados não terem a cópia do contrato com a emissora responsável pela produção do reality show em mãos, eles afirmaram que Daniel está bem, não culpa Monique pelo ocorrido e que ainda não viu a mãe pessoalmente.

No final da tarde desta quinta-feira (19/01), a Rede Globo soltou outro comunicado explicando novamente porque a decisão de expulsar Daniel foi tomada e que não há chances de que ele volte ao programa. Leia o comunicado abaixo, na íntegra:
"É preciso repetir mais uma vez que, comprovadamente, a TV Globo não exibiu as cenas consideradas polêmicas. As cenas em questão foram exibidas apenas no 'pay per view' e pelas emissoras concorrentes. Num primeiro momento a situação foi considerada dentro da normalidade. Depois, diante das especulações – inclusive com o questionamento formal de órgãos públicos, a atitude mais sensata foi o afastamento de Daniel, também para que ele possa formalmente responder às acusações. Mesmo com Monique afirmando em depoimento que consentiu, ainda está em curso uma apuração, e a permanência dele certamente é inadequada ao programa."




Gostou do Café com Notícias? Então, siga-me no Twitter, curta a Fan Page no Facebook, circule o blog no Google Plusassine a newsletter e participe da comunidade no Orkut.




Jornalista

MAIS CAFÉ, POR FAVOR!

5 comentários

  1. Muito bom, Wander. Vamos mudar de assunto porque este caso já deu o que tinha que dá. Bola para frente!

    ResponderExcluir
  2. Francisco Bertoletta18 de jan de 2012 19:56:00

    O que a imprensa e o pessoal da internet fez ao julgar o caso com toda essa força me fez pensar também no lado dele que por causa de um erro não pode também ser condenado em praça pública. Faltou a produção do BBB dar voz ao lado dele na história.

    ResponderExcluir
  3. Bem que avisei que não era estupro, nem abuso. O povo foi na onda da fofoca e agora o cara está aí com fama de estuprador de reality show....isso sim que é covardia.

    ResponderExcluir
  4. Ai querido, nem sei o que comentar desse caso pq não vejo esse programa uó. Mas vou colocar lenha na fogueira: é muito suspeito a Globo demorar para se manifestar, o cara ser expulso, a polícia intervir, a menina negar o abuso e o assunto ficar abafado. É algo a se pensar. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Ontem no paradão pelo menos o Bial leu um editorial explicando para o público da TV aberta o que estava acontecendo. Para mim, isso só prova o quanto a Globo é manipuladora.

    ResponderExcluir